VENHA, SENTE-SE CONOSCO!

Pronto, vamos fazer uma pausa, deixando de lado todos os nossos “inúmeros afazeres”.
Haverá tempo suficiente para todos eles mais tarde …
Preparei a lareira perfeita para nós. O fogo vai durar a noite inteira — suficiente para todas as nossas “histórias dentro de histórias”.
Um momentinho só, enquanto termino de lavar a mesa com menta fresca.
Pronto, vamos usar a louça bonita. Vamos beber o que estávamos reservando para “uma ocasião especial”.
Sem dúvida, “uma ocasião especial” é qualquer ocasião à qual a alma esteja presente.
Você já percebeu? “Reservar” para outra hora é o jeito que o ego tem de dizer, rabugento, que não acredita que a alma mereça prazer no dia-a-dia. Mas ela merece, de verdade. A alma sem dúvida merece.
Por isso vamos nos sentar um pouco, comadre, só nós duas .. que as outras estão chegando ……

Nossos próximos encontros. Para saber mais acesse a agenda completa!

ago
22
ter
Banhos Mágickos – Semana Saberes Despertar Feminino nas Alagoas @Maceió
ago 22@19:00 – 21:00

Em todos nossos atos diários sagrados o banho é um deles!

Um momento de purificarmos e harmonizarmos nossos campos sutis, a fim de equilibrar corpo, mente e espírito para alcançar leveza e bem-estar.

****************************************************************

Elaine. M. S
O banho certamente se torna algo mágico após esse curso!

Marlene. P.B.
Que curso curso gostoso! Adorei tudo, desde o contato, o conteúdo e claro o que eu fiz e pude levar para casa e mostrar a todos. Não vou parar de criar após esse curso. Todos os meus banhos agora serão momentos sagrados.

CONTEÚDO DA OFICINA

  • Classificação das plantas de acordo com sua fitoenergética
  • Escolha de ervas e montagem de sinergia para banhos de purificação, energização e proteção

TRAZER

  • Material de anotação
  • Ervas frescas para serem compartilhadas com o grupo

INCLUSO

  • Apostila

INVESTIMENTO

  • R$ 53,00 (Irmandade de Thea e alunas curso de formação de focalizadoras em theaterapia R$ 40,00)
  • Informações e inscrições com Lívia Correia. Tel (82) 99644-8123

*****************************************************************

9a43a7_0536c39641db4f05a1ee3f7d158af7b8Tamaris Fontanella (Ayesha Tamarix) é  idealizadora e Coordenadora do Instituto Despertar Feminino.

Coaching e Mentoring em Terapias Holísticas e Complementares, Psicopedagoga, Escritora com mais de 15 livros publicados, Palestrante e Fotógrafa.

Idealizadora da Theaterapia® (Terapia da Mulher), do Pompoarismo Sagrado Feminino, da rede de sororidade Despertar Feminino, da Theadança,  do Moon Blessing®, do Goddesses Reiki® e Cura Thea Spirit Doll® . Também é pioneira como Fotógrafa no Brasil a atuar no contexto do Sagrado Feminino.

Atua como focalizadora de celebrações, ritos de passagem, jornadas e grupos terapêuticos com foco no despertar do sagrado feminino e na cura das necessidades físicas e psico-espirituais da mulher contemporânea. Sacerdotisa da Religião da Deusa, da Irmandade da Rosa, do Clã da Lua, Clã de Brigit, Clã das Matriarcas e do Clã das Lobas.

Possui formações acadêmicas em Biologia, Administração de Redes, Pedagogia e Terapia Holística, com Especialização Terapia Energética Corporal (Instituto Pulsar), Psicoterapia Corporal e Bionergética (Centro Reichiano/ MFCR0016), Psicopedagogia (Braz Cubas), Master Coaching (Sociedade Brasileira de Coaching), Terapia Transpessoal (Instituto Plenitude), Psicologia da Aprendizagem, Didática do Ensino Superior e Constelações Familiares (Hellinger/PA).  Fotografia (IFPR e Senac).

Formação em Medicina Andina – Sanação do ventre e do bioritmo lunar-menstrual, por Pilar Echeverry Trinidad Aguilar, e estudiosa da medicina Mapuche (Lafkenche – Abuela Maria Ester Epulef). Possui diversas certificações complementares em diversas áreas terapêuticas, psicoterapêuticas e pedagógicas: Florais,  Fitoflorais, Oligoterapia, Cromoterapia, Medicina Ortomolecular, Aromaterapia, Fitoterapia, Iridologia, Auriculoterapia, Astroterapia, Radiestesia e Radiônica, Gemoterapia, Geoterapia, Arteterapia, Auriculoterapia, Danças, Xamanismo, Massoterapia Energética, Massoterapia Fisioterápica, Drenagem Linfática, RPG, Trofoterapia, Sustentabilidade e Alfabetização. Mestre em Usui, Tibetano, Kahuna, Goddesses Reiki e Celtic Reiki.

Mais informação sobre suas atividades em seu site pessoal: www.tamarisfontanella.com.br

www.pdf24.org    Send article as PDF   
ago
23
qua
Roda de Medicinas – Semana Saberes Despertar Feminino nas Alagoas @Maceió
ago 23@19:00 – 21:00

Roda de Medicinas: com Chanupa*, Rapé**, Mana Hêins*** e honra a Jurema
(aberto a homens e mulheres)
das 19 as 21hs.
Levar canga e almofada para se sentir mais confortável e seus instrumentos xamânicos. Levar garrafinha de água e um rolo de papel higiênico.

Inscrições e Informações: Lívia Correia: (82) 99644-8123
Valor de Contribuição: R$53,00 (Irmandade de Thea, Tecelãs Divinas e alunas matriculadas no curso de Formação de
Focalizadoras R$40,00)
___________________________________________________

* Chanupa
O Cachimbo Sagrado é uma ferramenta utilizada sobretudo para processos de reestabelecimentos de ordem física, emocional e
espiritual. O Cachimbo se faz presente na história de diversos povos nativos, partilhado entre os irmãos em gesto de paz no
contexto ritualístico de várias culturas. Iremos honras a ancestralidade, as quatro direções sagradas e nos concetar a
energia do espírito do Kumbaya (preparado) com as bençãos das Matriarcas.

** Rapé
O Rapé é um pó feito geralmente de tabaco e outras ervas e cinzas de árvores que são moídos e transformados em um pó fino e
aromático. Seu uso é ancestral utilizado, pelas tribos indígenas e pelos caboclos da floresta, como consagração e
reestabelecimento energético físico, mental e espiritual, assim o rapé é o rapé é uma medicina que contém um espírito com
grande poder, trazendo curas, proteção e afastando todo tipo de males. Trata principalmente dos medos, expande muito a
consciência e a mediunidade.

*** Mana Hêins – Sananga
Sananga é um arbusto das regiões amazônicas conhecido pelos índios Kaxinawás do estado do Acre como “Mana Heîns”, nome
oriundo do dialeto Huni Kuin e pelos Yawanawas como “Kanapã Vetxe Shuti”.
É extraído do interior de sua raiz um sumo em decocção, utilizado no preparo de um colírio natural que opera em duas
vertentes energéticas de cura: a física e a espiritual.

A Sananga é um colírio indígena para os olhos. Antes de irem para a caça, os índios administram uma gota em cada olho,
fazendo com que sua percepção fique aguçada e perceba com maior facilidade movimentos sutis na floresta densa, seu efeito
aumenta a profundidade e a texturas do ambiente, tornando mais fácil a detecção de animais durante a caça.

Dilui as formas pensamento e energias negativas e desarmônicas, abre os canais energéticos do ser humano para a Visão
Interior, Exterior e Superior. Da região da cabeça desce uma energia sutil e favorável para manter os chakras abertos,
expande a aura e mantêm a pessoa centrada e equilibrada emocionalmente, mentalmente e espiritualmente. facilita a
introspecção e a meditação, É um forte estimulante e afrodisíaco.
No contexto urbano o Sananga aumenta nossa capacidade de perceber as intenções das pessoas e faz com que aproveitemos melhor
as oportunidades oferecidas pelo destino.

O resultado após a aplicação é um estado de equilíbrio que entra em sintonia com as forças da natureza, expansão visual
espiritual ou terceira visão e também uma significativa melhora na fisiologia ocular.

www.pdf24.org    Send article as PDF   
ago
31
qui
Jornada das Matriarcas
ago 31@19:30 – 21:30
Jornada das Matriarcas

Ao longo dos tempos, entre os Kiowas, Cherokee, Iroquois, Seneca e em várias outras tribos nativas norte-americanas, as anciãs contavam e ensinavam, nos Conselhos de Mulheres e em suas Tendas Lunares, as tradições herdadas de suas antepassadas. Dentre várias dessas lendas e histórias, sobressai a lendas das “Treze Mães das Tribos Originais”, representando os princípios da energia feminina manifestados nos aspectos da Mãe Terra e da Vovó Lua.

Conta a lenda que, no início da vida no nosso planeta, havia abundância de alimentos e igualdade entre os sexos e as raças. Mas, aos poucos, a ganância pelo ouro levou à competição e à agressão; a violência resultante desviou a Terra de sua órbita, levando-a a cataclismos e mudanças climáticas. Em consequência, para que houvesse a purificação necessária do planeta, esse primeiro mundo foi destruído pelo fogo.

Assim, com o intuito de ajudar em um novo início e restabelecer o equilíbrio perdido, a Mãe Cósmica, manifestada na Mãe Terra e na Vovó Lua, deu a humanidade um legado de amor, perdão e compaixão, resguardado no coração das mulheres. Para isso, treze partes do Todo foram manifestadas no mundo material como as Trezes Matriarcas, representando as treze lunações de um ciclo solar e atributos de força, beleza, poder e mistério do Sagrado Feminino. Cada uma por si só e todas em conjunto, começaram a agir para desenvolver às mulheres a força do amor e o bálsamo do perdão e as trezeda compaixão que iriam se manifestar em um novo mundo de paz e iluminação, quando os filhos da Terra teriam aprendido todas as lições e alcançado a sabedoria.

Cada Matriarca detinha no seu coração o conhecimento e a visão e no seu ventre a capacidade de gerar sonhos. Na Terra, elas formaram um conselho chamado “A Casa da Tartaruga” e, quando voltaram para o interior da Terra, deixaram em seu lugar treze crânios de cristal, contendo toda a sabedoria por elas alcançada.

Por meio dos laços de sangue dos ciclos lunares, as Matriarcas criaram uma Irmandade que une todas as mulheres e visa a cura da Terra, começando com a cura das pessoas. Cada uma das Matriarcas detém uma parte da verdade representada, simbolicamente, em cada uma das treze lunações. Conhecendo essas verdades milenares e a sabedoria dos ancestrais, as mulheres atuais podem recuperar sua força interior, desenvolver seus dons, realizar seus sonhos, compartilhar sua sabedoria e trabalhar em conjunto para curar e beneficiar a humanidade e a Mãe Terra. (1) Mirella Faur

A antiga tradição dessa Irmandade foi transmitida a Jamie Sans por duas anciãs da tribo Kiowa em 1970. O objetivo da Irmandade é proporcionar as mulheres ritos de passagem e práticas eficientes para seu fortalecimento pessoal, alinhamento familiar e grupal, a cura dos desequilíbrios coletivos e planetários.

Nossos antepassados viam a passagem dos ciclos e estações observando que treze luas se passaram antes da mesma estação retornar o que chamamos de Arco Sagrado ou Roda Medicinal. Este circulo unificado representa a relação sagrada de toda a vida para toda a Terra. O Arco Sagrado, também representa o caminho anual que nossa Mãe Terra fez em torno do Avô Sol, através do céu ou órbita. A Órbita da viagem que Avó Lua faz em torno de nossa Mãe Terra é outro ciclo dando aos Ancestrais uma compreensão da importância de todos os ciclos concêntricos trazendo vida na unidade e harmonia.

Hoje os conhecimentos do Conselho das Matriarcas são transmitidos oralmente por mulheres com a missão de honrar a herança da espiritualidade feminina, fortalecer a Irmandade e promover o desenvolvimento dos dons e habilidades em outras mulheres mantendo o equilíbrio das Leis Sagradas Universais.

O vento da noite chegou clamando, batendo na minha porta, se esgueirando pelas frestas da antiga tenda e trazendo os espíritos renascidos dos ossos das Mães dos Clãs. Eu ouvi as batidas do tambor e as canções sopradas pelo vento. Tinha chegado o momento; cobri-me com meu xale e dancei a noite inteira para celebrar, pois o búfalo tinha retornado. – Jamie Sams

Ao todo serão 27 encontros, sendo 26 da jornada das Matriarcas (2 por mês) e um de fechamento em uma jornada de imersão de final de semana.

Serão dois encontros mensais onde você estará trabalhando a energia da Matriarca da Lunação. Os encontros são as quintas-feiras das 20:00 as 21:30 em São Paulo e Maceió!
Estaremos juntas trilhando a sabedoria do Clã das Matriarcas!

Será um trabalho de percepção e sensibilização da força da união e preservação dos princípios da comunidade, aliando arteterapia e meditação com suporte psicoemocional.
Estudaremos as 13 atitudes éticas, como um mapa auxiliar na jornada do crescimento, e seus temas centrais.
1 – As Relações
2 – As Tradições Sagradas
3 – A Igualdade
4 – A Visão
5 – A Escuta
6 – A Contadora de Histórias
7 – O Amor Incondicional
8 – A Curadora
9 – O Poente
10 – A Tecelã
11 – A Liderança
12 – A Gratidão
13 – A Compaixão

Polos em que aconteceram a jornada:

Maceió (AL)

Coordenação: Lívia Correia. Tel (82) 99644-8123

São Paulo

Polo Zona Oeste: Coordenação Tamaris Fontanella. Tels: (11) 2894-6936 (Net) (11) 94208-5196 (Vivo/WhatsApp) (11) 98819-9764 (Claro).
_____________________________________________________

Conteúdo e calendário abaixo:

A Primeira Matriarca: “Aquela que fala com todos os Seres” 16/03 e 30/03/2017
Guardiã do aprendizado e da verdade rege o tempo e as estações, nos ensina a sabedoria do ritmo da vida e a comunhão com a natureza para o equilíbrio do espírito.

A Segunda Matriarca: “A Guardiã das Tradições Sagradas” – 06/04 e 27/04/2017
Guardiã da Sabedoria rege as tradições sagradas e a memória do conhecimento planetário, nos dá a noção de família como um todo, reafirmando os laços com nossos irmãos da criação, nos ensina a encontrar sabedoria, aceitando o espaço sagrado de cada ser.

A Terceira Matriarca: “Aquela que pesa a verdade” – 04/05 e 25/05/2017
É a guardiã das gerações futuras, nos ensina a encontrar a verdade pessoal encarando o futuro sem medo e manifestando as nossas visões na terra.

A Quarta Matriarca: “Aquela que vê longe” – 08 e 29/06/2017
É a guardiã dos sonhos, nos ensina a usar a força de nossos pensamentos e sentimentos para alcançar o que desejamos, rege a magia da vontade e nos guia para o descobrimento de nosso potencial pessoal.

A Quinta Matriarca: “Aquela que Ouve” – 13 e 27/07/2017
É a guardiã do silêncio, nos ensina a silenciar para ouvir a voz interior que nos guia,as mensagens que estão ocultas e o silêncio pode revelá-las.Encontrando assim a calma e a paz necessária para transformarmos as nossas vidas.

A Sexta Matriarca: “A Contadora de Histórias” – 10/08 e 31/08/2017
Nos ensina o equilíbrio entre o sagrado e o profano, ensina por meio de contos e histórias já vivenciadas, preserva a tradição oral de nossos ancestrais, e busca ensinar através da experiência. Nos ensina o relacionamento correto com os nossos irmãos da criação.

A Sétima Matriarca: “Aquela que Ama Todas as Coisas” – 14/09 e 28/09/2017
Guardiã do amor incondicional, ensina o amor e a compaixão e a amar o self sem restrições.Ela nos ajuda a curar as feridas do passado.

A Oitava Matriarca: “Aquela que cura” – 19/10 e 26/10/2017
A guardiã das plantas e raízes, que nos auxilia a utilizar os poderes da natureza em nossa cura.

A Nona Matriarca: “Aquela que anda com firmeza” – 09 e 30/11/2017
É a mãe da inovação e perseverança, mostra que somos capazes de fazer mudanças por nós mesmos, nos ensina a medida adequada de vontade e poder para transmutar nossas fraquezas, a não depender dos outros para agir.

A Décima Matriarca: “Aquela que tece a teia” –  14/12/2017
Nos ensina a desenvolver nossas habilidades, destruindo limitações, nos dando o poder de materializar nossos sonhos.

A Décima Primeira Matriarca: “Aquela que protege os caminhos” –  data a ser definida
A guardiã da liderança e dos nossos caminhos, aquela que nos ensina andar com firmeza.

A Décima Segunda Matriarca: “Aquela que agradece as dádivas” – data a ser definida
Não importa a dificuldade ou desafio deve-se agradecer por essas oportunidades que nos permite desenvolver a força interior.

A Décima Terceira Matriarca: “Aquela que dá a visão” – data a ser definida
A guardiã da mudança que apoia o caminho escolhido, nos orienta nos desafios da jornada para a evolução espiritual.

Fechamento: Data a ser marcada com as participantes por ser um rito de passagem em imersão de final de semana.

_______________________________________________________

Investimento: Matrícula R$ 80,00 – 13 parcelas de R$ 90,00 (Irmandade de Thea 13 x de 70,00) – O valor da imersão de fechamento será verificado junto ao grupo porque depende da definição de escolha do local externo (sítio/chácara) que será escolhido pelas participantes.

Isenção de matrícula para integrantes da Irmandade de Thea.

Serão necessários materiais individuais de tecidos, feltros, linhas, lãs e tinta de tecido. Mais informações sobre o material será repassado as participantes após a matrícula. Link para matrícula: http://despertarfeminino.com.br/pagamentos/matriculaclamatriarcas.html

_____________________________________________________

Locais dos encontros:

Maceió (AL) – Coordenação: Lívia Correia. Tel (82) 99644-8123

São Paulo – Polo Zona Oeste: Coordenação Tamaris Fontanella. Tels: (11) 2894-6936 (Net) (11) 94208-5196 (Vivo/WhatsApp) (11) 98819-9764 (Claro). Endereço: Rua Caativa 325 – Alto da Lapa

Link para matrícula: http://despertarfeminino.com.br/pagamentos/matriculaclamatriarcas.html

www.pdf24.org    Send article as PDF   
Noite de Rezo e Bênçãos (SP e Maceió) @Veja informações dos locais do evento nos post
ago 31@20:00 – 21:30

“Na Noite das Matriarcas elas chegam com suas velas, suas ervas, seus infinitos aromas e Rosário de Matriarcas nas mãos. Sentam-se em roda, respiram … o silêncio é a prece de entoada do tambor. O tambor começa acendendo a chama do amor no coração de cada Matriarca e a Ladainha de Cura se estende pela noite enluarada.”  por Tamaris Fontanella

Como é?

É um evento, um encontro, uma experiência única de rezo com as Matriarcas e de conexão com a Teia de Luz Cósmica de Sanação do Sagrado Feminino.

A cada encontro trabalhamos a Matriarca da Lunação do mês.

Todas são convidadas para a Noite das Matriarcas. Você chega se junta a roda de saberes e de sanação, recebe amor, rezo, benção e cura. As Matriarcas te recebem de coração aberto.

Como posso participar?

Aberto para homens e mulheres.

Acesse o link e faça o pagamento da contribuição: https://pag.ae/bhcXrFS

No dia dos encontros você deve levar:

  • comprovante de pagamento
  • 1 cumbuca ou taça para água
  • 1 prato para vela
  • 2 velas brancas
  • Lenço ou cachecol, que te conecte com a Divindade Feminina para cobrir a cabeça
  • Objeto que represente o feminino para ser colocado no altar
  • Preferencialmente use saia ou vestido
  • Alimentos para compartilhar

Nossos encontros acontecem nos polos:

Maceió (AL)

Local: Av. Eng. Paulo Brandão Nogueira. Edf. Van Gogh n. 117 Apto 101.

Responsável: Lívia Correia – Tel (82) 99744-8123

São Paulo

Polo Zona Oeste – Local: Rua Caativas 325 – Alto da Lapa. Tel (11) 2894-6936 (Net).

Focalizadora: Tamaris Fontanella – Tels:  (11) 94208-5196(Vivo/WhatsApp) (11) 98819-9764 (Claro)

Reverência as 13 Matriarcas e busca da cura interior 26/01/2017

Reverencia ao Caminho Sagrado 16/02/2017

A Primeira Matriarca: “Aquela que fala com todos os Seres”  30/03/2017
Guardiã do aprendizado e da verdade rege o tempo e as estações, nos ensina a sabedoria do ritmo da vida e a comunhão com a natureza para o equilíbrio do espírito.

A Segunda Matriarca: “A Guardiã das Tradições Sagradas”  27/04/2017
Guardiã da Sabedoria rege as tradições sagradas e a memória do conhecimento planetário, nos dá a noção de família como um todo, reafirmando os laços com nossos irmãos da criação, nos ensina a encontrar sabedoria, aceitando o espaço sagrado de cada ser.

A Terceira Matriarca: “Aquela que pesa a verdade” 25/05/2017
É a guardiã das gerações futuras, nos ensina a encontrar a verdade pessoal encarando o futuro sem medo e manifestando as nossas visões na terra.

A Quarta Matriarca: “Aquela que vê longe”  22/06/2017
É a guardiã dos sonhos, nos ensina a usar a força de nossos pensamentos e sentimentos para alcançar o que desejamos, rege a magia da vontade e nos guia para o descobrimento de nosso potencial pessoal.

A Quinta Matriarca: “Aquela que Ouve” 27/07/2017
É a guardiã do silêncio, nos ensina a silenciar para ouvir a voz interior que nos guia,as mensagens que estão ocultas e o silêncio pode revelá-las.Encontrando assim a calma e a paz necessária para transformarmos as nossas vidas.

A Sexta Matriarca: “A Contadora de Histórias” 31/08/2017
Nos ensina o equilíbrio entre o sagrado e o profano, ensina por meio de contos e histórias já vivenciadas, preserva a tradição oral de nossos ancestrais, e busca ensinar através da experiência. Nos ensina o relacionamento correto com os nossos irmãos da criação.

A Sétima Matriarca: “Aquela que Ama Todas as Coisas” 29/09/2017
Guardiã do amor incondicional, ensina o amor e a compaixão e a amar o self sem restrições.Ela nos ajuda a curar as feridas do passado.

A Oitava Matriarca: “Aquela que cura”  26/10/2017
A guardiã das artes curativas,e dos ritos de passagem nos ensina a abrir mão dos julgamentos e conceitos passados para o busca do novo.

A Nona Matriarca: “Aquela que anda com firmeza” 30/11/2017
É a mãe da inovação e perseverança, mostra que somos capazes de fazer mudanças por nós mesmos, nos ensina a medida adequada de vontade e poder para transmutar nossas fraquezas, a não depender dos outros para agir.

A Décima Matriarca: “Aquela que tece a teia” 14/12/2017
Nos ensina a desenvolver nossas habilidades, destruindo limitações, nos dando o poder de materializar nossos sonhos.

A Décima Primeira Matriarca: “Aquela que protege os caminhos” –  data a ser definida
A guardiã das artes curativas, e dos ritos de passagem nos ensina a abrir mão dos julgamentos e conceitos passados para o busca do novo

A Décima Segunda Matriarca: “Aquela que agradece as dádivas” – data a ser definida
Não importa a dificuldade ou desafio deve-se agradecer por essas oportunidades que nos permite desenvolver a força interior.

A Décima Terceira Matriarca: “Aquela que dá a visão” – data a ser definida
A guardiã da mudança que apoia o caminho escolhido, nos orienta nos desafios da jornada para a evolução espiritual.

www.pdf24.org    Send article as PDF   
set
14
qui
Jornada das Matriarcas
set 14@19:30 – 21:30
Jornada das Matriarcas

Ao longo dos tempos, entre os Kiowas, Cherokee, Iroquois, Seneca e em várias outras tribos nativas norte-americanas, as anciãs contavam e ensinavam, nos Conselhos de Mulheres e em suas Tendas Lunares, as tradições herdadas de suas antepassadas. Dentre várias dessas lendas e histórias, sobressai a lendas das “Treze Mães das Tribos Originais”, representando os princípios da energia feminina manifestados nos aspectos da Mãe Terra e da Vovó Lua.

Conta a lenda que, no início da vida no nosso planeta, havia abundância de alimentos e igualdade entre os sexos e as raças. Mas, aos poucos, a ganância pelo ouro levou à competição e à agressão; a violência resultante desviou a Terra de sua órbita, levando-a a cataclismos e mudanças climáticas. Em consequência, para que houvesse a purificação necessária do planeta, esse primeiro mundo foi destruído pelo fogo.

Assim, com o intuito de ajudar em um novo início e restabelecer o equilíbrio perdido, a Mãe Cósmica, manifestada na Mãe Terra e na Vovó Lua, deu a humanidade um legado de amor, perdão e compaixão, resguardado no coração das mulheres. Para isso, treze partes do Todo foram manifestadas no mundo material como as Trezes Matriarcas, representando as treze lunações de um ciclo solar e atributos de força, beleza, poder e mistério do Sagrado Feminino. Cada uma por si só e todas em conjunto, começaram a agir para desenvolver às mulheres a força do amor e o bálsamo do perdão e as trezeda compaixão que iriam se manifestar em um novo mundo de paz e iluminação, quando os filhos da Terra teriam aprendido todas as lições e alcançado a sabedoria.

Cada Matriarca detinha no seu coração o conhecimento e a visão e no seu ventre a capacidade de gerar sonhos. Na Terra, elas formaram um conselho chamado “A Casa da Tartaruga” e, quando voltaram para o interior da Terra, deixaram em seu lugar treze crânios de cristal, contendo toda a sabedoria por elas alcançada.

Por meio dos laços de sangue dos ciclos lunares, as Matriarcas criaram uma Irmandade que une todas as mulheres e visa a cura da Terra, começando com a cura das pessoas. Cada uma das Matriarcas detém uma parte da verdade representada, simbolicamente, em cada uma das treze lunações. Conhecendo essas verdades milenares e a sabedoria dos ancestrais, as mulheres atuais podem recuperar sua força interior, desenvolver seus dons, realizar seus sonhos, compartilhar sua sabedoria e trabalhar em conjunto para curar e beneficiar a humanidade e a Mãe Terra. (1) Mirella Faur

A antiga tradição dessa Irmandade foi transmitida a Jamie Sans por duas anciãs da tribo Kiowa em 1970. O objetivo da Irmandade é proporcionar as mulheres ritos de passagem e práticas eficientes para seu fortalecimento pessoal, alinhamento familiar e grupal, a cura dos desequilíbrios coletivos e planetários.

Nossos antepassados viam a passagem dos ciclos e estações observando que treze luas se passaram antes da mesma estação retornar o que chamamos de Arco Sagrado ou Roda Medicinal. Este circulo unificado representa a relação sagrada de toda a vida para toda a Terra. O Arco Sagrado, também representa o caminho anual que nossa Mãe Terra fez em torno do Avô Sol, através do céu ou órbita. A Órbita da viagem que Avó Lua faz em torno de nossa Mãe Terra é outro ciclo dando aos Ancestrais uma compreensão da importância de todos os ciclos concêntricos trazendo vida na unidade e harmonia.

Hoje os conhecimentos do Conselho das Matriarcas são transmitidos oralmente por mulheres com a missão de honrar a herança da espiritualidade feminina, fortalecer a Irmandade e promover o desenvolvimento dos dons e habilidades em outras mulheres mantendo o equilíbrio das Leis Sagradas Universais.

O vento da noite chegou clamando, batendo na minha porta, se esgueirando pelas frestas da antiga tenda e trazendo os espíritos renascidos dos ossos das Mães dos Clãs. Eu ouvi as batidas do tambor e as canções sopradas pelo vento. Tinha chegado o momento; cobri-me com meu xale e dancei a noite inteira para celebrar, pois o búfalo tinha retornado. – Jamie Sams

Ao todo serão 27 encontros, sendo 26 da jornada das Matriarcas (2 por mês) e um de fechamento em uma jornada de imersão de final de semana.

Serão dois encontros mensais onde você estará trabalhando a energia da Matriarca da Lunação. Os encontros são as quintas-feiras das 20:00 as 21:30 em São Paulo e Maceió!
Estaremos juntas trilhando a sabedoria do Clã das Matriarcas!

Será um trabalho de percepção e sensibilização da força da união e preservação dos princípios da comunidade, aliando arteterapia e meditação com suporte psicoemocional.
Estudaremos as 13 atitudes éticas, como um mapa auxiliar na jornada do crescimento, e seus temas centrais.
1 – As Relações
2 – As Tradições Sagradas
3 – A Igualdade
4 – A Visão
5 – A Escuta
6 – A Contadora de Histórias
7 – O Amor Incondicional
8 – A Curadora
9 – O Poente
10 – A Tecelã
11 – A Liderança
12 – A Gratidão
13 – A Compaixão

Polos em que aconteceram a jornada:

Maceió (AL)

Coordenação: Lívia Correia. Tel (82) 99644-8123

São Paulo

Polo Zona Oeste: Coordenação Tamaris Fontanella. Tels: (11) 2894-6936 (Net) (11) 94208-5196 (Vivo/WhatsApp) (11) 98819-9764 (Claro).
_____________________________________________________

Conteúdo e calendário abaixo:

A Primeira Matriarca: “Aquela que fala com todos os Seres” 16/03 e 30/03/2017
Guardiã do aprendizado e da verdade rege o tempo e as estações, nos ensina a sabedoria do ritmo da vida e a comunhão com a natureza para o equilíbrio do espírito.

A Segunda Matriarca: “A Guardiã das Tradições Sagradas” – 06/04 e 27/04/2017
Guardiã da Sabedoria rege as tradições sagradas e a memória do conhecimento planetário, nos dá a noção de família como um todo, reafirmando os laços com nossos irmãos da criação, nos ensina a encontrar sabedoria, aceitando o espaço sagrado de cada ser.

A Terceira Matriarca: “Aquela que pesa a verdade” – 04/05 e 25/05/2017
É a guardiã das gerações futuras, nos ensina a encontrar a verdade pessoal encarando o futuro sem medo e manifestando as nossas visões na terra.

A Quarta Matriarca: “Aquela que vê longe” – 08 e 29/06/2017
É a guardiã dos sonhos, nos ensina a usar a força de nossos pensamentos e sentimentos para alcançar o que desejamos, rege a magia da vontade e nos guia para o descobrimento de nosso potencial pessoal.

A Quinta Matriarca: “Aquela que Ouve” – 13 e 27/07/2017
É a guardiã do silêncio, nos ensina a silenciar para ouvir a voz interior que nos guia,as mensagens que estão ocultas e o silêncio pode revelá-las.Encontrando assim a calma e a paz necessária para transformarmos as nossas vidas.

A Sexta Matriarca: “A Contadora de Histórias” – 10/08 e 31/08/2017
Nos ensina o equilíbrio entre o sagrado e o profano, ensina por meio de contos e histórias já vivenciadas, preserva a tradição oral de nossos ancestrais, e busca ensinar através da experiência. Nos ensina o relacionamento correto com os nossos irmãos da criação.

A Sétima Matriarca: “Aquela que Ama Todas as Coisas” – 14/09 e 28/09/2017
Guardiã do amor incondicional, ensina o amor e a compaixão e a amar o self sem restrições.Ela nos ajuda a curar as feridas do passado.

A Oitava Matriarca: “Aquela que cura” – 19/10 e 26/10/2017
A guardiã das plantas e raízes, que nos auxilia a utilizar os poderes da natureza em nossa cura.

A Nona Matriarca: “Aquela que anda com firmeza” – 09 e 30/11/2017
É a mãe da inovação e perseverança, mostra que somos capazes de fazer mudanças por nós mesmos, nos ensina a medida adequada de vontade e poder para transmutar nossas fraquezas, a não depender dos outros para agir.

A Décima Matriarca: “Aquela que tece a teia” –  14/12/2017
Nos ensina a desenvolver nossas habilidades, destruindo limitações, nos dando o poder de materializar nossos sonhos.

A Décima Primeira Matriarca: “Aquela que protege os caminhos” –  data a ser definida
A guardiã da liderança e dos nossos caminhos, aquela que nos ensina andar com firmeza.

A Décima Segunda Matriarca: “Aquela que agradece as dádivas” – data a ser definida
Não importa a dificuldade ou desafio deve-se agradecer por essas oportunidades que nos permite desenvolver a força interior.

A Décima Terceira Matriarca: “Aquela que dá a visão” – data a ser definida
A guardiã da mudança que apoia o caminho escolhido, nos orienta nos desafios da jornada para a evolução espiritual.

Fechamento: Data a ser marcada com as participantes por ser um rito de passagem em imersão de final de semana.

_______________________________________________________

Investimento: Matrícula R$ 80,00 – 13 parcelas de R$ 90,00 (Irmandade de Thea 13 x de 70,00) – O valor da imersão de fechamento será verificado junto ao grupo porque depende da definição de escolha do local externo (sítio/chácara) que será escolhido pelas participantes.

Isenção de matrícula para integrantes da Irmandade de Thea.

Serão necessários materiais individuais de tecidos, feltros, linhas, lãs e tinta de tecido. Mais informações sobre o material será repassado as participantes após a matrícula. Link para matrícula: http://despertarfeminino.com.br/pagamentos/matriculaclamatriarcas.html

_____________________________________________________

Locais dos encontros:

Maceió (AL) – Coordenação: Lívia Correia. Tel (82) 99644-8123

São Paulo – Polo Zona Oeste: Coordenação Tamaris Fontanella. Tels: (11) 2894-6936 (Net) (11) 94208-5196 (Vivo/WhatsApp) (11) 98819-9764 (Claro). Endereço: Rua Caativa 325 – Alto da Lapa

Link para matrícula: http://despertarfeminino.com.br/pagamentos/matriculaclamatriarcas.html

www.pdf24.org    Send article as PDF   

INSTAGRAM

 

Load More
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.

TWITTER

Últimos Artigos

www.pdf24.org    Send article as PDF