Bonitas e fáceis de cuidar, as espécies de suculentas são ótimas opções para cultivar em casa.

640d4830eb6aae2b52f0e74e28eefd3cVocê tem pouco tempo para cuidar das plantas, mas gostaria de ter um jardim em sua casa ou apartamento?

Que tal um mini jardim de cactos e suculentas?

Os dois tipos de plantas são ideais para lugares muito quentes ou secos e resistentes a poucas quantidades de água.

Anote as nossas dicas e faça seu próprio jardim de cactos e suculentas:
1º preparo do solo: essa é a parte mais importante, pois a drenagem é o ponto principal na hora de garantir a saúde das plantas. Suculentas e cactos se desenvolvem muito bem em solos com boa drenagem. Utilize, portanto, areia e terra adubada na proporção 2×1.
2º Cobertura do solo: também auxilia na drenagem. Opte por pedras britas de diferentes dimensões.
3º Escolha das plantas: cactos e suculentas possuem uma gama variada de texturas, formatos e cores. Escolha plantas diferentes para compor seu jardim. Algumas maiores, outras mais rasteiras. Você pode escolher um exemplar de cactos maior para ser o ponto focal do mini jardim, por exemplo.
4º Montando o vaso: o vaso não pode ser muito fundo, mas seu tamanho deve ser proporcional ao das plantas escolhidas. Preencha o fundo do recipiente com argila expandida ou pedriscos para auxiliar a drenagem. Depois, cubra o vaso até a metade com a terra. Coloque primeiro as plantas maiores. A sugestão é dispô-las na parte de trás do vaso. Em seguida, organize as plantas menores no espaço que estiver sobrando. Por último, preencha o vaso com a terra.
5º Acabamentos: cubra o vaso com pedras pequenas e depois, para finalizar, coloque algumas pedras maiores para enfeitar o mini jardim.
6º Cuidados: Os cactos precisam de boa luminosidade para se desenvolver bem. Na sombra, crescem tortos em busca de sol e não florescem.

SUCULENTA1O jardim pode ser regado a cada quinze dias, no verão, quando o solo estiver bem seco. No inverno, é preciso ter mais cuidado para não deixar o solo muito úmido. As raízes e folhas das plantas armazenam a água necessária durante o período retirando a umidade do próprio ar.

Segundo o Feng-Shui os cactos e suculentas são considerados guardiões, por serem purificadores de ambientes e, de acordo com os especialistas desta técnica milenar, agem como uma barreira para os raios gama emitidos por computadores e aparelhos de TV e energia negativas de pessoas que transitam pelos locais.

pindedoverdeEntão bora cuidar dessas belezinhas e garantir um ambiente com energia goodvibe!

Tamaris Fontanella

Tamaris Fontanella

Paulistana. “Mãe” de dois gatos (Axel e Meara). Conheceu logo no início da adolescência os preceitos do Feminino Sagrado Inovadora e Empreendedora por Natureza como uma boa Sagitariana. Criativa. Quem a conhece só um pouquinho já percebe que vive a força da Mulher Selvagem em todos os momentos de sua vida. No Espaço Ânima supervisiona e coordena as atividades dos pólos (presenciais e EAD) e atua como mestre formadora de novos terapeutas em diversos cursos. Coaching e Mentoring em Terapias Holísticas e Complementares, Psicopedagoga, Escritora com mais de15 livros publicados, Palestrante e Fotógrafa. É reconhecida como a primeira Coaching Empresarial no Brasil na área de Terapias Complementares e Holísticas no Brasil. Terapeuta filiada ao SINTE (CRT41426) e ao CRTCH (CRTCHBR 200902). Facilitadora da Unify (Sisters Circle), Movimento Mundial Global Sisterhood (http://women.unify.org/) Possui formações acadêmicas em Biologia, Administração de Redes, Pedagogia e Terapia Holística, com Especialização Terapia Energética Corporal (Instituto Pulsar), Psicoterapia Corporal e Bionergética (Centro Reichiano/ MFCR0016), Psicopedagogia (Braz Cubas), Master Coaching (Sociedade Brasileira de Coaching), Terapia Transpessoal (Instituto Plenitude), Psicologia da Aprendizagem, Didática do Ensino Superior e Constelações Familiares (Hellinger/PA). Fotografia (IFPR e Senac). Idealizadora da Theaterapia® (Terapia da Mulher), do Pompoarismo Sagrado Feminino, da rede de sororidade Despertar Feminino, da Theadança e do projeto Teia de Luz. Idealizadora dos sistemas de cura energética Goddesses Reiki®, Thea Spirit Doll® e Essências Vibracionais do Despertar Feminino®. Pioneira como Fotógrafa no Brasil a atuar no contexto do Sagrado Feminino e resgate da essência feminina com o uso terapêutico da fotografia (Theafotografia®). Atua como focalizadora de celebrações, ritos de passagem, jornadas e grupos terapêuticos com foco no despertar do feminino sagrado e na cura das necessidades físicas e psico-espirituais da mulher contemporânea. Sacerdotisa da Religião da Deusa, da Irmandade da Rosa, do Clã da Lua, Clã de Filhas de Brigit, Clã das Matriarcas e do Clã das Lobas. Formação em Medicina Andina – Sanação do ventre e do bioritmo lunar-menstrual, por Pilar Echeverry Trinidad Aguilar, e estudiosa da medicina Mapuche (Lafkenche – Abuela Maria Ester Epulef). Possui diversas certificações complementares em diversas áreas terapêuticas, psicoterapêuticas e pedagógicas: Florais, Fitoflorais, Oligoterapia, Cromoterapia, Medicina Ortomolecular, Aromaterapia, Fitoterapia, Iridologia, Auriculoterapia, Astroterapia, Radiestesia e Radiônica, Gemoterapia, Geoterapia, Arteterapia, Auriculoterapia, Danças, Xamanismo, Massoterapia Energética, Massoterapia Fisioterápica, Drenagem Linfática, RPG, Trofoterapia, Sustentabilidade e Alfabetização. Mestre em Usui, Tibetano, Kahuna, Goddesses Reiki e Celtic Reiki. Na área de atendimento atua com terapias complementares e holísticas na área da mulher e terapia associada a psicopedagogia na área infantil.

www.pdf24.org    Send article as PDF