11 94208-5196

No Universo de Possibilidades de Eurínome – Devaneios da Deusa

Reencontro, Aprimoramento e Transcendência a Energia Feminina

No Universo de Possibilidades de Eurínome – Devaneios da Deusa

Olá Mulher!
Você tem se desafiado ultimamente?
Como assim?!
O caminhar da vida pode estar bom ou ruim, mas você tem realmente se colocado fora da sua zona de conforto para crescer ou solucionar seus problemas? Você tem ido atrás de um caminhar em beleza, de ser merecedora de sua plenitude, exuberância e entusiasmo?
Deleitar-se com a vida, é viver momentos onde você pode proporcionar a  si mesma um êxtase profundamente fortalecedor, curador de suas feridas, e que te proporciona um ressurgir de felicidade e de expansão no dançar de sua energia.
Desafie-se no momento onde está a novos olhares, a uma nova resignificação do local e encontrar seus novos movimentos!
Nada é exatamente como é, tudo está em constante movimento, como você, espiralando em seus ciclos!
Ahh Mulher! Acorda para as possibilidades que te rodeia, nesse local em que você está existe um Universo de Possibilidades para seu Êxtase!
texto Tamaris Fontanella
#despertarfeminino #devaneiosdadeusa #deusasarquetípicas #deusaeurinome
#sagradofeminino #femininosagrado

_____________________________________

Eurínome foi a princípio o protótipo da Deusa Criadora grega e a mais importante divindade dos pelasgos (povo que ocupou a região da Grécia em tempos pré-históricos antes da invasão jônica e dórica)

Seu nome quer dizer algo como “aquela que governa de longe”  ou “ampla viagem”.

Ela está associada ao mar e dentre os títulos atribuídos a ela, alguns são a Grande Deusa, Mãe Primordial, a Criadora do Universo, a Governante, Deusa do Universo, Deusa de Tudo, e Aquela Que Se Move Na Eternidade.

Ela é a Grande Deusa de todas as coisas. Ela separa o céu do mar e, enquanto dançava nas ondas, criou o vento norte. O vento norte cresceu lascivo, então ela o aprisionou em suas mãos e formou uma serpente que chamou de Ofion. Eurínome fez amor com Ofion e então assumiu a forma de uma pomba para botar o ovo universal do qual proveio toda a criação. Ofion, não contente com o fato de ser uma criação de Eurínome, e co-criar com ela, alardeou que ele era o supremo criador. Eurínome arrancou seus dentes e o baniu assim honrando a sabedoria do Ventre Universal.

Eurínome foi absorvida pelo culto às Cárites e posteriormente passou a ser considerada sua mãe. Após a ascensão do patriarcado, foi injustamente rebaixada aos status de amante de Zeus, e de Criadora passou a ser considerada apenas uma titã filha de Oceanus e Tétis.