Ontem pudemos contemplar a lua cheia em seu ápice de energia, o melhor momento para colher ervas medicinais em todo seu potencial curador. Essa fase dura em torno de 6 dias, então não fique triste pois ainda é tempo de canalizar o poder da Vó Lua para preparos de todos os tipos.

Gosto muito de deixar meus cristais energizando nesse período, então, ao procurá-los no meu armário de alquimias acabei reencontrando um patuá que fiz há dois anos, quando comecei a estudar o sagrado feminino. Lembrança boa!

Na época estava com sérios problemas de líbido (uma longa história), então o fiz com ervas, búzios e miçangas em forma de pimenta. Sendo assim, achei que seria bacana repassar algumas dicas que lhe ajudem a fazer seu próprio patuá!

  1. Escolha a fase lunar compatível com seu objetivo:
    Lua Cheia
    : Para amor, saúde e prosperidade

    Lua Nova: Para renovação e abertura de novos caminhos e horizontes
    Lua Minguante: Para coisas que deseja banir e extinguir
    Lua Crescente: Para as coisas que deseja que cresçam com força.
  2. Os dias da semana também influenciam: 
    Segunda-feira
    : Lua
    Terça-feira:  Marte
    Quarta-feira: Mercúrio
    Quinta-feira: Júpiter
    Sexta-feira: Vênus
    Sábado: Saturno
    Domingo: Sol
  3. Não esqueça do auxílio das cores
    Vermelho
    : Proteção

    Azul: Serenidade
    Amarelo e laranja: Prosperidade financeira
    Verde: Saúde
    Rosa: Amor*Você pode também usar como referências as cores dos orixás ou de outra divindade da sua egrégora.
  4. Tenha em mãos os materiais:
    Linha: 
    Para casos de defesa e contra mau olhado deve ser usada linha de cor vermelha. Para saúde, a cor verde é recomendada. A linha de cor laranja deve ser usada nos casos de falta de vitalidade, mas lembre-se: sempre combinado com o tipo de erva necessário para cada caso.
    Tecido não sintético
    Tesoura e Agulha
    Cristais / Sementes / Conchas (se quiser)* Para os patuás que tem um cristal como um dos ativadores, se faz importante lembrar de uma programação antes de colocá-lo no patuá.
  5. Escolha sua erva preferida:
    Arruda:
     absorve maus fluidos, protege contra mau-olhado.
    Eucalipto: contra invejas e combate males do peito.
    Guiné: tem efeito similar à arruda.
    Urtiga: revigora e propicia novas forças.
    Tabaco: favorece a concentração intelectual.

Este é um bom exercício para trabalhar seus conhecimentos e sua intuição. Mas, caso precise de uma ajudinha, confira alguns patuás indicados pelo site Circulando Magia:

Patuá de proteção:
Punhado (pequeno) de arruda masserada
Alecrim da mesma forma
Uma pedrinha de cânfora
Algumas pedrinhas de sal grosso
Vela branca
Incenso de 07 ervas
Saquinho vermelho costurado por você com linha preta.
Fitilho vermelho

Coloque os punhadinhos das ervas em locais separados, e enquanto estiver organizando esses no saquinho mentalize o por que deseja de proteção. Ou de quem. Assim que terminar de colocar as ervas dentro do saquinho, amarre (dê tres nós). Acenda a vela e na chama desta o incenso. Profira o encantamento ou consagração, e passe o patuá na chama do incenso. Deixe perto da vela até essa terminar de queimar. Se sobrar algo da vela, enrrole em papel e enterre. Leve o patuá sempre com você.

Patuá para amor:
Pétalas de rosa vermelha
Pedaçinhos de canela em pau
Jasmin
1 Quartzo rosa de tamanho pequeno
Cravos
Essência de mel
Saquinho de pano na cor branca
Fitilho de cetim na cor rosa
* As ervas e as pétalas devem ser secas

Acenda a vela e na chama dessa o incenso. Em um recipiente de vidro, coloque as ervas, as pétalas e os cravos. Borrife um pouco da essência. Coloque tudo dentro do saquinho, e profira seus encantamentos e consagração. Amarre e passe o patuá na fumaça do incenso. Assim que a vela terminar de queimar, guarde o patuá com você. Leve-o sempre em sua bolsa, e não deixe que o toquem.
Patuá de Saúde:
A base de um patuá para saúde pode ser de duas ervas:
Hortelã e manjericão.A cor do saquinho pode ser verde ou branca. E a cor do fitilho também. Vale alternar para que os dois não sejam da mesma cor. A terceira erva seria a erva diretamente relacionada a cura. E nesse caso, vale uma pesquisa mais detalhada a respeito. Abaixo coloco alguns exemplos:Diabetes: Salsa
Estômago: Boldo
Rins: Artemísia
Reumatismo: Alfazema
Cíntia Carvalho
#despertarfeminino #saberesfemininos #meninadodedoverde #patuás

www.pdf24.org    Send article as PDF