11 94208-5196

Imersão: A Mulher Jaguar

Um espaço voltado para o Reencontro, Aprimoramento e Transcendência do Despertar da Mulher

IMERSÃO
turma fechada 2019 - aguarde nova data

Na Theaxamanismo a força do Jaguar promove a energia para a Aventura da Alma, de nossa Menina Mágicka, recuperando a natureza feminina originária. Sua dádiva é entregue na Abertura do Portal da Guerreira Interior proporcionando a retomada de toda a força instintiva feminina e está relacionada ao poder de materialização de nossos sonhos na realidade mundana.

Esse é um Portal, uma oportunidade do legado das Abuelas, do Clã das Matriarcas,  para você que deseja adentrar ao Universo da Mulher Jaguar e para que possa incorporar em sua existência a consciência feminina com a perspicácia, saberes e elementos mágicos  de reconexão com as raízes que te sustentam, os valores que te alimentam e a tomada do seu verdadeiro lugar na Teia Cósmica!

Nosso final de semana ocorre em um sítio cercado de natureza que nos reconecta com as energias primordiais da criação e da vida.

O acolhimento já será feito na sexta-feira dia 28/06/2019 com o RITUAL DO PORTAL DA GUERREIRA INTERIOR, ancorando nossas energias e nos abençoando para a AVENTURA DA ALMA e o reencontro com a força de cada MULHER JAGUAR presente.

Sábado 29/06/2019 durante todo o dia teremos atividades/vivências para o despertar da intuição, recuperação da natureza instintiva, conexão ventre e coração, práticas com os 4 elementos e de proteção espiritual. Na noite de Sábado teremos o Rito com Medicinas da Floresta (leia informações relevantes) do seu Renascer como Mulher Jaguar.

Domingo 30/06/2019 faremos o acolhimento das experiências no Útero da Fala e a compreensão teórica da Mulher Jaguar. E encerraremos com um ritual de direcionamento da energia cocriada durante nossa Imersão da Mulher Jaguar.

Incentivaremos a carona solidária!


Em nosso final de semana cercada pela natureza e ancorada por uma Irmandade Feminina você irá se permitir a DESVELAR seus PORTAIS INTUITIVOS, se entregará a um ESTADO DE CONSCIÊNCIA de REENCONTRO com o PODER DE CRIAÇÃO do seu Ventre e a VERDADE de seu Coração, aprenderá a TRANSMUTAR a sua Energia Densa em Energia Refinada tornando-se uma Mulher com mais LUCIDEZ e VERDADEIRAMENTE EMPODERADA!



Você permeará um caminho de Saberes Femininos para despertar um Saber Intuitivo e Profundo!

Conteúdo abordado da Theaxamanismo® com bases em saberes femininos andinos, mapuches, guaranis, magia natural e xamanismo matricial.

informações relevantes

* Rito com Medicinas da Floresta

– Ritual de Ayahuaska: a consagração da Sagrada Medicina Ayahuasca promove uma profunda imersão ao autoconhecimento e também, receber curas e ensinamentos de nossas questões pessoais relacionadas aos principais pilares de nossas vidas – Espiritual, Material e Emocional. Ayahuasca, nome quíchua de origem inca, refere-se a uma bebida sacramental produzida a partir da decocção de duas plantas nativas da floresta amazônica: o cipó Banisteriopsis caapi (mariri ou jagube) com as folhas do arbusto Psychotria viridis (chacrona ou rainha) Seu uso expandiu-se pela América do Sul e outras partes do mundo, a partir de meados do século passado, com o crescimento de movimentos espirituais organizados, sendo os mais significativos o Santo Daime, a União do Vegetal, a Barquinha, além de dissidências destas e grupos independentes que o consagram em seus rituais em estilos variados de crenças e ensinamentos mas sempre mantendo o princípio de expansor da consciência. É também conhecida pelos nomes: vegetal, daime, yagé, caapi, nixi, hoasca, natema, vinho da alma, abuelita, chá misterioso, entre outros. O nome mais conhecido, ayahuasca, significa “liana (cipó) dos espíritos”. Ainda que definido comumente como chá ou decocção, a ayahuasca é um concentrado, uma redução das fervuras, resultando em um líquido marrom, de gosto forte e normalmente acidificado. Seu feitio é realizado em ritualísticas especiais e depois armazenado. Seu uso definitivamente não causa nenhum tipo de dependência e ao longo dos anos e as pesquisas científicas comprovam que não há nenhum efeito prejudicial ao organismo, pelo contrário, seu uso medicinal ou terapêutico é cada vez mais investigado. Considerada na área de etnobotânica como “enteógeno”, ou seja, substância que “gera uma experiência de contato com o divino”, causando uma sensação generalizada de aproximação com o sagrado, facilita o autoconhecimento e o aprimoramento do ser humano, com inúmeros casos registrados de reestruturação familiar, profissional, social, moral, ético, intelectual e espiritual. Consagrada (ingerida) de forma ritualística com o uso de musicas, mensagens e orações aflora o sexto-sentido paranormal  intensificando a lucidez mental, processos criativos, recordações, visões e experiências oníricas. São ofertados em nosso ritual duas doses de ayahuasca mel durante o processo ritualístico.  Algumas reações fisiológicas de desconforto podem ocorrer de forma natural e são desejáveis. São chamadas de “purga” ou “pêia”. É um processo natural de limpeza e reequilíbrio e não deve ser temido ou evitado. Deixe fluir naturalmente e se necessário contribua com tranquilidade para que seu corpo expulse as energias ruins através da limpeza intestinal, do vômito ou do choro. A natureza é sábia – não resista. Normalmente os efeitos mais intensos são experimentados até o máximo de 2 ou 3 horas, permanecendo apenas um estado natural de relaxamento e plenitude que pode manter-se até por alguns dias. O uso ritualístico da ayahuasca é garantido pelo justiça brasileira através da Resolução Nº1 do CONAD, publicado no Diário Oficial em 25 de Janeiro de 2010. Esta resolução é o resultado das deliberações do Grupo Multidisciplinar de Trabalho para os estudos da Ayahuasca (GMT/CONAD), que produziram o documento de deontologia e atual regulamentação para uso restrito à grupos religiosos legalmente constituídos.

 

– Chanupa : O Cachimbo Sagrado é uma ferramenta utilizada sobretudo para processos de reestabelecimentos de ordem física, emocional e espiritual. O Cachimbo se faz presente na história de diversos povos nativos, partilhado entre os irmãos em gesto de paz no contexto ritualístico de várias culturas. Iremos honras a ancestralidade, as quatro direções sagradas e nos conectar a energia do espírito do Kumbaya (preparado) com as bençãos das Matriarcas.

 

– Rapé:  Rapé é um pó feito geralmente de tabaco e outras ervas e cinzas de árvores que são moídos e transformados em um pó fino e aromático. Seu uso é ancestral utilizado, pelas tribos indígenas e pelos caboclos da floresta, como consagração e reestabelecimento energético físico, mental e espiritual, assim o rapé é o rapé é uma medicina que contém um espírito com grande poder, trazendo curas, proteção e afastando todo tipo de males. Trata principalmente dos medos, expande muito a consciência e a mediunidade.

 

– Mana Hêins – Sananga: Sananga é um arbusto das regiões amazônicas conhecido pelos índios Kaxinawás do estado do Acre como “Mana Heîns”, nome oriundo do dialeto Huni Kuin e pelos Yawanawas como “Kanapã Vetxe Shuti”. É extraído do interior de sua raiz um sumo em decocção, utilizado no preparo de um colírio natural que opera em duas vertentes energéticas de cura: a física e a espiritual. A Sananga é um colírio indígena para os olhos. Antes de irem para a caça, os índios administram uma gota em cada olho, fazendo com que sua percepção fique aguçada e perceba com maior facilidade movimentos sutis na floresta densa, seu efeito aumenta a profundidade e a texturas do ambiente, tornando mais fácil a detecção de animais durante a caça. Dilui as formas pensamento e energias negativas e desarmônicas, abre os canais energéticos do ser humano para a Visão Interior, Exterior e Superior. Da região da cabeça desce uma energia sutil e favorável para manter os chakras abertos, expande a aura e mantêm a pessoa centrada e equilibrada emocionalmente, mentalmente e espiritualmente. facilita a introspecção e a meditação, É um forte estimulante e afrodisíaco. No contexto urbano o Sananga aumenta nossa capacidade de perceber as intenções das pessoas e faz com que aproveitemos melhor as oportunidades oferecidas pelo destino. O resultado após a aplicação é um estado de equilíbrio que entra em sintonia com as forças da natureza, expansão visual espiritual ou terceira visão e também uma significativa melhora na fisiologia ocular.

. Todas as medicinas acima serão ofertadas, você tem a total liberdade e consciência de sentir quais devem permear o seu rito pessoal e sua utilização.

Por ser uma imersão com a oferta de Medicinas da Floresta leia atentamente as informações abaixo:

RESTRIÇÕES A PARTICIPAÇÃO

– menores de 18 anos

– grávidas (participação somente com autorização médica)

– pessoas que tenham utilizado medicações com inibidores de imao dentro do período de 12 horas que antecede nosso ritual e que tenham utilizado medicações antidepressivos e ansiolíticos que contenham quaisquer tipos de inibidores da recaptação da serotonina dentro do período de 12 horas que antecede nosso ritual, pessoas que utilizam antihipertensivos (medicamentos para a pressão arterial alta), pessoas que utilizam medicamentos para asma, bronquite ou outros problemas respiratórios, – pessoas que utilizam medicamentos antipsicóticos, pessoas que estejam utilizando anti-histamínicos – drogas utilizadas contra resfriados, problemas sinusais, febre do feno ou alergias, pessoas que utilizam medicação de inibidores de imao ou utilizaram por seis meses antes de nosso encontro “devem ter autorização médica por escrito para participar do ritual”

– pessoas que tenham utilizado anfetaminas (incluindo metanfetaminas e dex-anfetaminas)  dentro do período de 48 horas que antecede nosso ritual e ter ingerido álcool  dentro do período de 48 horas que antecede nosso ritual não poderão participar.

Utilização de medicamentos, restrições médicas e histórico de doenças relevantes devem ser informadas antes da data do evento para a organização com intuito de verificar se há alguma restrição de participação no ritual.





Despertar Feminino®, Theaterapia®, Theadança®, Theafotografia®, Theaxamanismo®, Alcathea®, Goddesses Reiki®, Moonblessing®
e Constelando o Feminino® são marcas devidamente registradas. Todos os textos aqui publicados estão protegidos por lei de direitos autorais. Qualquer uso da marca (em forma de citação direta e indireta ou de hashtag), cópia de texto parcial ou total, ou fotos de nossas atividades não estão autorizadas a serem publicadas sem consentimento nosso, e são por proibidas de uso por terceiros passíveis de sanções punição pela lei. Por amor respeite o direito de marca e a autoria de nossas publicações.