A ressurreição da Mulher Selvagem: La loba

La Loba vem contribuindo cada vez mais com a ressurreição da Mulher Selvagem! Ahhh .. as histórias …


As histórias são bálsamos medicinais. Elas têm uma força!

Não exigem que se faça nada, que se seja nada, que se aja de nenhum modo — basta que prestemos atenção.

A cura para qualquer dano ou para resgatar algum impulso psíquico perdido está nas histórias.

Elas suscitam interesse, tristeza, perguntas, anseios e compreensões que fazem aflorar o arquétipo, nesse caso o da Mulher Selvagem.


As histórias conferem movimento à nossa vida interior, e isso tem importância especial nos casos em que a vida interior está assustada, presa ou encurralada.

As histórias lubrificam as engrenagens, fazem correr a adrenalina, mostram-nos a saída e, apesar das dificuldades, abrem para nós portas amplas em paredes anteriormente fechadas, aberturas que nos levam à terra dos sonhos, que conduzem ao amor e ao aprendizado, que nos devolvem à nossa verdadeira vida de mulheres selvagens e sagazes.

Assim, para promover nosso relacionamento de intimidade com a natureza instintiva, seria de grande ajuda se compreendêssemos as histórias como se estivéssemos dentro delas, em vez de as encararmos como se elas fossem alheias a nós. Penetramos numa história pela porta da escuta interior.

Osso a osso, fio a fio de cabelo, a Mulher Selvagem vem voltando. Através de sonhos noturnos, de acontecimentos mal compreendidos e parcialmente esquecidos, a Mulher Selvagem vem chegando. Ela volta através das histórias.

********************

La Loba

Existe uma velha que vive num lugar oculto de que todos sabem, mas que poucos já viram.

Como nos contos de fadas da Europa oriental, ela parece esperar que cheguem até ali pessoas que se perderam, que estão vagueando ou à procura de algo.


Ela é circunspecta, quase sempre cabeluda e invariavelmente gorda, e demonstra especialmente querer evitar a maioria das pessoas. Ela sabe crocitar e cacarejar, apresentando geralmente mais sons animais do que humanos.


Dizem que ela vive entre os declives de granito decomposto no território dos índios tarahumara.

Dizem que está enterrada na periferia de Phoenix perto de um poço.

Dizem que foi vista viajando para o sul, para o Monte Alban3 num carro incendiado com a janela traseira arrancada. Dizem que fica parada na estrada perto de El Paso, que pega carona aleatoriamente com caminhoneiros até Morelia, México, ou que foi vista indo para a feira acima de Oaxaca, com galhos de lenha de estranhos formatos nas costas.

Ela é conhecida por muitos nomes: La Huesera, a Mulher dos Ossos; La Trapera, a Trapeira; e La Loba, a Mulher-lobo.

O único trabalho de La Loba é o de recolher ossos.

Sabe-se que ela recolhe e conserva especialmente o que corre o risco de se perder para o mundo.

Sua caverna é cheia dos ossos de todos os tipos de criaturas do deserto: o veado, a cascavel, o corvo. Dizem, porém, que sua especialidade reside nos lobos.


Ela se arrasta sorrateira e esquadrinha as montanhas e os arroios, leitos secos de rios, à procura de ossos de lobos e, quando consegue reunir um esqueleto inteiro, quando o último osso está no lugar e a bela escultura branca da criatura está disposta à sua frente, ela senta junto ao fogo e pensa na canção que irá cantar.

Quando se decide, ela se levanta e aproxima-se da criatura, ergue seus braços sobre o esqueleto e começa a cantar.

É aí que os ossos das costelas e das pernas do lobo começam a se forrar de carne, e que a criatura começa a se cobrir de pêlos.

La Loba canta um pouco mais, e uma proporção maior da criatura ganha vida. Seu rabo forma uma curva para cima, forte e desgrenhado.
La Loba canta mais, e a criatura-lobo começa a respirar.
E La Loba ainda canta, com tanta intensidade que o chão do deserto estremece, e enquanto canta, o lobo abre os olhos, dá um salto e sai correndo pelo desfiladeiro.


Em algum ponto da corrida, quer pela velocidade, por atravessar um rio respingando água, quer pela incidência de um raio de sol ou de luar sobre seu flanco, o lobo de repente é transformado numa mulher que ri e corre livre na direção do horizonte.
Por isso, diz-se que, se você estiver perambulando pelo deserto, por volta do pôr-do-sol, e quem sabe esteja um pouco perdido, cansado, sem dúvida você tem sorte, porque La Loba pode simpatizar com você e lhe ensinar algo — algo da alma.


La Loba com “As Clarissas”

Todos nós começamos como um feixe de ossos perdido em algum ponto num deserto, um esqueleto desmantelado que jaz debaixo da areia.

É nossa responsabilidade recuperar suas partes.


Trata-se de um processo laborioso que é mais bem executado quando as sombras estão exatamente numa certa posição, porque exige muita atenção da Mulher Selvagem.

La Loba indica o que devemos procurar — a indestrutível força da vida, os ossos.

É um conto de ressurreição acerca do vínculo do mundo subterrâneo com a Mulher Selvagem.

Na história, La Loba canta sobre os ossos que reuniu.


Cantar significa usar a voz da alma.

Significa sussurrar a verdade do poder e da necessidade de cada um, soprar alma sobre aquilo que está doente ou precisando de restauração.


Isso se realiza por meio de um mergulho no ponto mais profundo do amor e do sentimento, até que nosso desejo de vínculo com o Self selvagem transborde, e em seguida com a expressão da nossa alma a partir desse estado de espírito. Isso é cantar sobre os ossos.

O símbolo da Velha é uma das personificações arquetípicas mais disseminadas no mundo, por isso é extremamente para o conto do self da Mulher Selvagem.

No mito e seja pelo nome que for, La Loba conhece o passado pessoal e o passado remoto pois ela vem sobrevivendo pelas gerações afora e é mais velha do que o tempo.

Ela é a memória arquivada das intenções femininas. Ela preserva a tradição feminina.

Seus bigodes pressentem o futuro; ela tem o olho opaco e sagaz da velha; ela viaja simultaneamente para frente e para trás no tempo, equilibrando um lado com a dança que realiza com o outro.


La Loba, a velha. Aquela Que Sabe, está dentro de nós.

Ela viceja na mais profunda alma-psique das mulheres, a antiga e vital Mulher Selvagem.

A história de La Loba descreve sua casa como aquele lugar no tempo no qual o espírito das mulheres e o espírito dos lobos se encontram — o lugar onde a mente e os instintos se misturam, onde a vida profunda da mulher embasa sua vida rotineira.

É o ponto onde o Eu e o Tu se beijam, o lugar onde as mulheres correm com os lobos.

Essa velha está entre os universos da racionalidade e do mito.

Ela é a articulação com a qual esses dois mundos giram.

Esse espaço entre os mundos é aquele lugar inexplicável que todas reconhecemos uma vez que passamos por ele, porém suas nuanças se esvaem e têm a forma alterada se quisermos defini-las, a não ser quando recorremos à poesia, à música, à dança… ou às histórias.


Embora ela possa assumir muitos disfarces nos nossos sonhos e experiências criativas, ela não pertence à camada da mãe, da virgem, da mulher medial, nem da criança interior.

Ela não é a rainha, a amazona, a amada, a vidente.

Ela é só o que é. Chamem-na de La Que Sabé, Aquela Que Sabe; chamem-na de Mulher Selvagem, de La Loba, chamem-na pelos seus nomes nobres ou pelos seus nomes humildes; chamem-na pelos seus nomes mais novos ou mais antigos; ela continua sendo apenas o que é.


A Mulher Selvagem como arquétipo é uma força inimitável e inefável que traz para a humanidade um abundante repertório de ideias, imagens e particularidades. O arquétipo existe por toda a parte e, no entanto, não é visível no sentido comum da palavra. O que pode ser visto dele no escuro não é visível à luz do dia.

Cada mulher tem acesso potencial ao Rio Abajo Rio, esse rio por baixo do rio.

Ela chega até ele através da meditação profunda, da dança, da arte de escrever, de pintar, de rezar, de cantar, de tamborilar, da imaginação ativa ou de qualquer atividade que exija uma intensa alteração da consciência.

Uma mulher chega a esse mundo-entre-mundos através de anseios e da busca de algo que ela vê apenas com o cantinho dos olhos: esse é o instinto da Mulher Selvagem!

Até a próxima querida Mulher Selvagem!

Aulllllllllllllllllll

Tamaris Fontanella

Mulher Sevagem: Só por hoje Uive! | Café com Tata Yaga

Mulher Selvagem: Só por hoje sua essência verdadeira ocupou esse mundo?

Conforme você mergulha no Feminino Sagrado vai aprofundando na sua compreensão do que é Ser Mulher.

No começo é algo que formiga dentro do peito. Uma sensação, assim, que é até engraçada, mas que com o tempo pode se tornar incômoda.

Porque incomoda?

 

 

 

Temos tantas referências do que é ser mulher: referências familiares que nos foram dadas, mulher próximas que foram se revelando pra gente e o que nos é dado do social, das mídias, que vão invadindo as referências reais, aquelas que estão ao nosso redor.

Esse incomodo vai aumentando até que somos convidadas a mergulhar mais profundo em nossos valores, numa descoberta, posso dizer até minuciosa de nós mesmas.

Esse convite de se descobrir, descobrir a verdade do seu ser, lá no primeiro momento é lindo!

Mas, ao irmos revelando camadas e mais camadas, aqueles aspectos sombrios (as nossas sombras) e tudo que negligenciamos em nós mesmas vai ficando mais nítido.

 

Não é fácil encarar a verdade de si mesma!

 

Descobrimos muita coisa que não é nossa, não faz parte da nossa essência, e o porquê fomos carregando essa bagagem por muito tempo.

Algumas de nós se deprimi, outras tiram forças e lutam contra si mesma e algumas, pena que poucas, percebem que essa formiguinha lá no peito é uma chama, um chamado para uma mudança real.

Quando acolhemos esse chamado estamos prontas para fazer um retorno ao nosso lar curador.

Essa chama, há muito adormecida,  te convida a explorar regiões profundas, rumo ao encontro de uma fêmea sagrada, selvagem, que sabe vai descobrir o que quer.

A cada mergulho, que faz dentro de si você, promove descobrir quais são suas reais aspirações, o que gosta ou o que não gosta de verdade. Descobre que caminho deseja tomar, fazendo escolhas cada vez mais conscientes do que quer em sua vida.

 

Vai descobrir que dentro de si não tem uma verdade absoluta, que a cada dia você é uma nova criatura.

Porque a cada dia você é uma nova mulher!

 

Muitas vezes, por sentimos medo dessa criatura (mutante, cíclica, instável) que está para surgir, queremos amordaçá-la e trancafia-la no porão da nossa alma como há muito tempo viemos fazendo.

 

Mas por que fazemos isso? Parece ilógico querer trancar essa nova mulher, impedir que ela venha à tona.

 

Você está num caminho de autodescobrimento para viver a verdade de seu ser e se sabota?

 

Fomos muito tempo condicionadas e doutrinadas a agradar ao outro.

Esse medo de alguém não gostar de nós, de alguém nos rejeitar, é enorme!

Aprendemos ferramentas que nos tornam aceitáveis por muitas pessoas, poderes mágicos que alimentam as nossas relações, e a gente vai lutar para não modificar o que conquistamos.

 

Lutamos pelo simples fato do medo da rejeição.

Só que quando fazemos isso: calamos nossa Voz Autêntica.

 

Escutar o uivo da sua mulher selvagem, dessa fêmea sagrada dentro de si, é escutar a sua verdade, a voz da sua alma, e isso é a Voz Autêntica.

Quando convido mulheres em um círculo a uivar, colocar o som para fora, elas o fazem com prazer e terminam a prática com uma luz incrível que resplandece de seus sorrisos. Por que?

Porque trazem a força, a coragem, a liberdade que há dentro de si mesmas, soltando a sua voz, para ocupar o espaço que é seu, dentro do grupo, dentro dessa matilha de mulheres que estão mergulhando na verdade do seu ser.

Ali há uma espécie de permissão, porque cada uma das mulheres presentes sabe que não é fácil, mas todas elas se colocaram à disposição de libertar aquela criatura que tem medo da rejeição.

 

Hoje eu te convido para revisitar alguns porões, aqueles que impedem de uivar na vida.

 

Como lá no conto do Barba Azul, do livro mulheres que correm com os lobos de Clarissa Pinkola Estés, vamos olhar para algumas portas, perceber o que pode estar por detrás delas.

E depois, assim, com mais segurança, você pode pegar a chave e abrir cada uma das portas, no momento certo, para adentrar, encontrar a criatura que lá se esconde, e juntas saírem desse espaço para o mundo real.

 

Por que diz ”sim” quando quer falar ”não”?
E muitas vezes ”não” quando quer o ”sim”?

Por que deixa de fazer tantas coisas por medo de ”não ser boa o bastante”?

Por que buscar no outro a aceitação que você ainda não se deu?

 

O caminho para dar esse uivo repleto de autenticidade é um só: ame-se.

O amor acontece na escuta que promove o acolhimento.

E quando a chama de autoconhecimento se acendei aí você já está nesse caminho de se acolher.

Então, alguns passos já foram dados e o caminho para encontrar sua mulher selvagem, a verdade de si está mais fácil.

Seja sua melhor amiga, sua mãe quando precisa de colo, sua sábia quando precisa de um conselho mais firme. Entregue a si mesma o carinho, a escuta, o afeto que tanto entrega para pessoas que você ama.

Isso é amor!

 

Ame-se para que esse amor transborde do seu peito, para que liberte sua essência do medo, para que depois doe esse amor e luz ao mundo.

Só por hoje: Uive!

Uivos de Luz

Tamaris Fontanella

Conheça Como A Escrita Terapêutica Pode
Contribuir Para O Seu Autoconhecimento
E Mudar A Forma De Viver Com Prazer!

Saiba mais aqui

Originally posted 2020-11-04 18:58:20.

Você é Empreendedora da sua Vida? – Café com Tata Yaga

Será que vc é Empreendedora da sua vida?

O que eu percebo nas mentorias com as profissionais que não conseguem colocar seu trabalho para a frente é  que a vida também não vai pra frente!

Tudo o que elas desejam fora do âmbito profissional não rola também!

Você é daquelas que começa a leitura de um livro e depois não consegue tempo pra terminar, ou demora tanto que até se desinteressa do livro?

Ou até consegue ler o livro, mas percebe que não aproveitou tanto e quem sabe le o livro de novo?

Começa um projeto de mudar a casa e no meio do caminho vai se perdendo em suas ideias?

Vai mudando tudo? E quem sabe até desiste no meio do caminho?

 

Você é aquela que perde a paciência com a galera de casa quando vai delegar tarefas?

Ou nem delega e acaba se abarrotando de tarefas só pra evitar o conflito em casa?

 

Empreendedor está muito ligado aos negócios, mas hoje eu não estou aqui pra falar para você montar sua empresa, ou dar dicas que podem melhorar o faturamento dos seus trabalhos.
Bom, de certa forma, o que vamos falar aqui hoje  vai melhorar sim a forma de conduzir seus trabalhos como agente de transformação, porque vamos falar de prazer na vida … e se você tem prazer de viver todas as áreas da sua vida se beneficiarão.

Empreendedor é aquela pessoa que enxerga, promove e aproveita as novas oportunidades, se arrisca a colocar em prática seus sonhos, planos e ideias.

Peter Drucker, escritor, professor e consultor administrativo, considerado o fundador da administração moderna, 39 livros publicados, revolucionou a maneira de pensar a gestão em uma organização.  Ele diz assim:

Qualquer indivíduo que tenha à frente uma decisão a tomar pode aprender a ser um empreendedor e a comportar-se como tal.

O empreendedorismo é um comportamento, e não um traço de personalidade.

 

Se o Peter está dizendo que empreender é um comportamento: conseguir resultados, conquistar seus sonhos são comportamentos.

E quanto mais você alimenta comportamentos que nunca vão mudar, mais as coisas continuam do mesmo jeito na sua vida.

As pessoas que acreditam que já tem o seu jeitão, que seu comportamento nunca vai mudar, possuem o mindset fixo.

Crêem que as coisas são como são e as potencialidades humanas são imutáveis, isto é, são fixas. Ou seja, acreditam que as suas qualidades básicas não vão mudar.

Ou você é ou você não é. Ou você tem talento ou não tem.

Não  dão valor ao esforço como algo capaz de aumentar a capacidade de conquistas, desenvolvimento e realização. Mudar é algo praticamente impossível.

Acreditando que é assim vão se colocar a disposição só das informações que alimentam suas crenças, não vão descobrir nada de novo para agregar novos valores e claro vão ficar fixadas no tempo e espaço. E por isso a própria vida não anda!

Quando você chegou aqui pequenina não sabia nada, foi aprendendo como criança, depois crescendo e aprendendo muita coisa.

Muitas mulheres tem dado um start comigo ao abraçar suas reais potências e descobrir a sua força empreendedora. O que elas fizeram foi crescer, mudar a realidade a que foram condicionadas. (se quiser saber mais como elas conseguiram sucesso em suas vidas clique aqui)

Ué, e você não mudou nada até agora?

É claro que mudou!

O que a pequenina não sabia hoje ela sabe!

Então porque hoje você deixou de lado a curiosidade, o explorar e o brincar com tudo que te cerca?

Olhe para sua história e perceba o quanto você mudou dentro de si mesma.

A mulher que você era ontem não é a mesma mulher que está tomando um café aqui comigo.

A vida andou, você andou na vida, e chegou no aqui agora.

Se até agora você não conduziu seu caminhar a partir desse momento você tem mais lucidez para fazer as escolhas que deseja e seguir em direção das busca dos resultados que quer.

Isso é empreender!

Empreender a sua vida é aproveitar as oportunidades que estão a disposição!

O que não se souber correr atrás para aprender … porque a vida é vivida na prática, o conhecimento é buscado, o aprendizado é absorvido e a sabedoria vem dos resultados da sua história.

Ahh tá, mais eu nem seu como começar….

Então vamos lá, olhe para a pequena que cresceu tanto.

Como é que ela chegou até aqui?

1. Estudando

Ser uma Empreendedora da sua vida exige constante atualização para trazer ideias novas e aperfeiçoar sua alma.

Seja curiosa e tenha vontade de aprender sempre, pois é fundamental estudar muito para compreender tudo.

O autoconhecimento é essencial para saber o que gosta, como deseja as coisas.

Mas, saia da caixinha de tudo que você já faz, as artes, a dança, novos lugares, novos assuntos.

O que é diferente do que você absorve é que te traz novas possibilidades.

2. Não desista no primeiro erro

Você conhece pessoas que nunca cometeram um erro na vida? Eu não conheço!

Uma pessoa sábia aceita os erros e tem certeza que aprende com eles.

Esteja preparada para lidar com os erros e aprender com eles, para conseguir se sair melhor nas próximas tentativas.

Nada é tão ruim que você não possa abraçar. Há caminhos e novas alternativas para tentar de novo. Ou, simplesmente, o erro vai te ensinar você que estava no caminho errado e você vai tomar outra direção.

 

3. Percebe as oportunidades ao seu redor

Muitas pessoas deixam passar oportunidades incríveis por não terem a capacidade de enxergá-las.

A correria do dia a dia faz a gente não perceber a presença das coisas ao nosso redor.

Tome um tempo diário para rever o que fez, com quem esteve, o que realizou.

Apenda a agradecer pelas oportunidades que você se colocou a disposição.

 

4. Tem capacidade de delegar

Não adianta traçar todo o caminho para tirar uma ideia do papel se você ainda não de desenvolveu o conhecimento para concretizar seus sonhos. Mas, há muitas pessoas que sabem o que você ainda desconhece.

Aprenda a delegar o que não sabe ainda, assim você tem mais tempo para aprender e conduzir o que deseja.

Outra coisa de delegar, há tarefas que não são suas nas relações que temos. Então dê essa tarefa para quem tem que fazer.

Fazendo a tarefa do outro você tira a oportunidade dessa pessoa de empreender a vida dela e deixa de fazer as coisas que realmente você precisa e que trazem prazer.

 

5. Comprometa-se com você

Nós, Agentes de Transformação, somos exímias cuidadoras … cuidadoras dos outros.

Se coloque em sua agenda, pergunte-se como você está, lhe dê bom dia e boa noite.

Se você não se comprometer de verdade com seu você, não tem como a vida dar certo, porque você está sempre vivendo a vida dos outros.

Você só tem 24 horas por dia e isso é suficiente para viver hoje!

6. Qualidade não é quantidade

Procure mais qualidade de vida, o que alimenta sua mente e seu corpo interfere diretamente no quantum de energia que você tem.

Todos aqueles que você ajuda só continuaram a ter sua presença se você estiver bem.

Então a qualidade em sua vida é fundamental se quiser ajuda-los. Afinal você só pode doar o que você tem.

Procure mais qualidade em todas as áreas da sua vida e quando entregar essa qualidade ao universo vai descobrir que a sincronicidade existe para as coisas boas também (não só as ruins).

7. Não tem medo de correr riscos

Viver e correr riscos. Se colocar diante do novo é ficar com medo.

Viver exige muita coragem e disposição para enfrentar novos desafios.

Mas é claro que isso não pode acontecer de maneira irresponsável e não planejada.

Com inteligência emocional você desenvolve a capacidade de calcular bem os riscos de enfrentar, optar e decidir sua caminhada.

Se ainda não tem inteligência emocional desenvolva, tudo pode ser conquistado, basta se colocar a disposição.

8. Sabe estabelecer metas

Você tem sonhos! Estabeleça metas para chegar nele.

E cada passo para chegar ao objetivo final são pequenos objetivos que você conquistou.

Aprenda a celebrar cada pequeno passo.

Resultados positivos não caem do céu. É preciso toma a iniciativa para transformar suas ideias em algo concreto.

Para dar conta de conquistar o que deseja você só precisa ter proatividade para tomar decisões.

A vida é feita de tomada e decisões, de escolhas.

Não existe escolha certa ou errada, existe aquela que te coloca no caminho que você deseja.

 

Eu espero que com a partilha de hoje você possa se colocar no caminho de ser a Empreendedora da sua Vida.

Se você quer algo, vá à luta e faça por merecer!

Ninguém vai trilhar seu caminho por você e não há uma fórmula mágica para o prazer de viver.
Você é capaz de fazer diferente e estar muito melhor amanhã do que está hoje.

Tamaris Fontanella

 

 

Originally posted 2020-10-28 16:09:46.

A Cultura do Superficialismo – Café com Tata Yaga

A Cultura do Superficialismo está arraigada nos tempos pós-modernos.

 

Você tem sentido que a maioria das pessoas não encontra mais tempo para nada e estão sempre atarefadas?

 

E quando mais se carregam de tarefas na vida reclamam que não há prazer de realizações, prazer com os outros e prazer de viver a vida?

 

Estamos absorvendo que não se pode demorar para conquistar o que deseja.

O melhor e mais “esperto” é se concentrar na informação e nos estímulos rápidos e assim vai se crescendo, seguindo, para onde deseja com muito mais rapidez.

Até porque se quer saber alguma coisa coloca no google que ele responde rapidinho para você!

 

O que eu percebo é que há muito tempo não há mais  lugar para raízes, não há tempo de se aprofundar, não é necessário buscar a essência, tudo é superficial.

Li um texto hoje que me tocou muito, porque percebo essa verdade mais intrínseca nas partilhas que tenho feito com outras mulheres.

 

As relações são superficiais, os sentimentos são superficiais, a beleza é superficial, o conhecimento é superficial, a alegria é superficial, a vida é superficial, simplesmente vive-se nos tempos pós-modernos sob a superficialidade.

Não há autenticidade nas relações, não há entrega nos sentimentos, não há naturalidade na beleza, o conhecimento adquirido é através da “speed read”, a alegria é encenada nas redes sociais e a vida é uma máscara que esconde as frustrações da falta de raízes.

É um tempinho meio que sem graça, sem profundidade, sem consistência, fluidificado, com a desreferencialização do real e dessubstancialização do indivíduo. (Nédia Galvão)

Se você anda acreditando que a vida de uma pessoa se resume ao que ela mostra nas redes sociais, que a vida é como essa vitrine que você desliza com o dedo na busca de imagens de  uma vida perfeita, cheia de sorrisos, com viagens, bens materiais e ausência total de problemas: você só trocou o romantismo da telinha da tv para a telinha do celular.

Enquanto continua rolando seu dedinho ali na tela você passa muito tempo ignorando outras coisas que são extremamente importantes e que não podem ser vistas olhando apenas para a superfície.

Quando algo sair do trilho na sua vida, você receber um não pelo sim que esperava: a frustração vai te pegar e não vai ser fácil alcançar os seus irreais de perfeição.

E  em grande parte essa frustração vai acontecer porque tem se colocado a disposição de se embriagar com ilusões.

Vem senta aqui e vamos conversar um pouquinho sobre o que te trago hoje!

 

Superficialismo é um comportamento de quem fica apenas na superfície e não se aprofunda, o que pode se aplicar a várias situações da vida.

É a forma como cada indivíduo faz um contato sem relação com tudo que o cerca.

 

Essa grande valorização do superficial, do rápido, e da falta de tempo de um contato real para assimilar sensação e sentimento, acaba afetando a relação da pessoa consigo mesma, pois ela passa a se cobrar a perfeição que vê nos outros.

Afinal, o mundo tem se apresentado, sempre, já com a imagem finalizada, com os desejos prontos embaladinhos de presente para você engolir com os olhos. Um presente atrás do outro.

Se você não mora no melhor imóvel, não tem o melhor carro, as melhores roupas e, até mesmo, a aparência considerada padrão, com certeza vai se sentir um patinho feio, se sentir inferior e vai deixar de valorizar aspectos muito mais significativos e negligenciar todas as suas potências.

 

A cultura do superficialismo é cruel com quem se deixa levar por ela.

Eu quero que você a partir de hoje acorde para esse mecanismo que facilmente pode fazer com que se perca de si mesma.

Por isso, é fundamental que busque olhar mais para o que acontece de verdade, no dia a dia, e dar o devido valor aos seus sentimentos, aos laços de carinho, às amizades, à família, ao que alimenta a sua alma.

 

Lembrando que não é errado desejar conquistar bens materiais e cuidar da própria aparência, desde que se busque tudo isso por si mesma e não para se sentir parte de um grupo ou por alguém.

 

Se deseja se desvencilhar desse padrão para que a sua vida tenha significado, e quer se manter longe da Cultura do Superficialismo, comece colocar em prática as dicas abaixo:

 

1 – Nada é como se apresenta ao primeiro olhar
A primeira atitude que deve tomar para se manter longe da cultura do superficialismo é começar a enxergar além das aparências.

 

A primeira apresentação não deve ser a que fica.

Existem mais verdades que os seus olhos podem captar se você dirimir sua atenção, e muito mais se usar os outros sentidos.

Assim, irá se conhecer melhor, saber como quer fazer contato contudo que te cerca e dar um importante passo para uma vida com mais significado.

 

2 – Relacionamentos nos ensinam a ser mais quem queremos ser
Os relacionamentos são uma parte muito valiosa da nossa vida e devem ser considerados como tal. São eles que vão nos revelando quem realmente somos, e na troca com o outro que vamos acolhendo a nossa verdade, reafirmando nossos valores e descobrindo nossas virtudes.

 

Liberte-se de qualquer preocupação com as aparências e cultive as relações que tem com a sua família e os seus amigos, essas pessoas estarão do seu lado independentemente dos seus bens ou do seu sucesso, e isso não tem preço.

 

3 – Maria nunca vai com as outras, Maria quer estar com as outras e ser Maria
Antes de julgar alguém pela aparência, se permita conhecer, conversar, saber mais a respeito da pessoa.

 

Podemos nos surpreender muito com isso, principalmente porque os estereótipos podem nos enganar.

Tenha em mente que não dá para saber como uma pessoa é apenas olhando para ela, sem qualquer informação mais profunda.

 

4 – Valorize as coisas, seus bens, pelo que podem te proporcionar e a função de auxílio que podem trazer para sua vida
Adote o hábito de se questionar sobre as coisas que deseja.

 

Se a origem é realmente pessoal ou se está buscando se encaixar em um grupo de pessoas, ou padrão, ou aliviar uma tensão.

Como já disse anteriormente, não há problema algum em ter o desejo de adquirir itens que lhe proporcionem conforto, desde que o faça por si mesmo.

 

5 – Na simplicidade existe mais rapidez e felicidade
Já parou para pensar no quanto coisas simples e consideradas pequenas podem nos fazer felizes?

 

Uma conversa agradável e despretensiosa com um familiar, saborear algo que gosta, encontrar os amigos para um passeio, o descanso depois de um dia cheio de trabalho, são coisas que geralmente passam despercebidas, mas que se forem vividas na essência podem ajudar você a dar um novo significado para a sua vida.

 

6 – Somos seres espirituais tendo vivências materiais
Viver com mais profundidade e se desprender das aparências é cuidar da sua espiritualidade.

 

Lembrando que não há necessidade de estar ligada a uma religião se você não tiver nenhuma crença nesse sentido.

Cuidar do lado espiritual é buscar um significado para a vida, ter prazer em ser e estar nos caminhos que escolhe, encontre uma maneira que esteja de acordo com o que acredita e veja o quanto isso é poderoso.

 

7 – A grama verde mais verde deve ser a sua

Essa é uma analogia muito interessante e nos deixa uma poderosa lição sobre a vida.

 

Muitos de nossos desejos são pautados na observação do que os outros já conquistaram, e as vezes seguimos os mesmos padrões de escolhas porque não sabemos exatamente o que nos dá prazer.

E indo mais além: Será que o tom de verde da grama que te atrai é a mesma da do seu vizinho?

 

O superficialismo é cruel porque leva as pessoas a buscarem ideais de sucesso e felicidade que não são verdadeiros para a sua alma.

Quando você repete padrões e escolhas que os outros já realizaram para saciar seus desejos, achando que será mais esperta, está deixando de fazer contato com a verdadeira satisfação que existe dentro de você.

 

A melhor forma de dirimir seus caminhos com eficácia é tendo a consciência de que a satisfação possui um sentido pessoal, sendo assim, cada um deve buscar se conhecer e entender o seu próprio significado.

Eu espero que você agora perceba que “Tempo é Vida” e que sim não tem moeda mais valiosa do que o tempo que você gasta com a verdade do seu ser.

 

 

O meu desafio de hoje é: veja os 7 tópicos quais dele consegue colocar em prática a partir de amanhã, somente um, e vá aproveitando cada momento de sua escolha. E hoje, lá no final do dia, se dá um carinho, um mimo. esteja com você para você!

 

 

Até a próxima

Tamaris Fontanella

(texto inspirado nas partilhas da hora do café com Jose Marques e Nédia Galvão)

Originally posted 2020-10-21 16:00:20.

Síndrome da Mulher Maravilha: Você tem? | Café com Tata Yaga

Você já ouviu falar na Síndrome da Mulher Maravilha? Será que essa energia está permeando a sua vida?

A ilusão de que a mulher deve ter superpoderes para dar conta de tudo, ser bem-sucedida profissionalmente, ser excelente mãe e dona de casa, uma ótima amante  e estar em ação 24 horas por dia contribui cada vez mais para a Síndrome da Mulher Maravilha.

 

Uma das super-heroínas mais conhecidas, a Mulher Maravilha, definitivamente não foi criada para viver à sombra de um herói masculino.

Atire a primeira pedra a mulher que nunca quis se autossuficiente!

 

A Mulher Maravilha foi desenhada em 1941 (o superman em 1938), pelo psicólogo e escritor William Moulton Marston, para lutar, ser livre. E sua missão é a de para propagar a paz, sendo a defensora da verdade e da vida na luta entre os homens e o firmamento, entre os mortais e os deuses.

E assim, até hoje o termo é utilizado para expressar força e coragem e combater o conceito de inferioridade feminina.

Embora, as mulheres através de suas constantes lutas para garantir seus direitos sociais tenham conquistado cada vez mais espaço na sociedade a maioria não deixou de cuidar  da família, cuidar da casa, cuidar do companheiro(a), cuidar da alimentação da família, cuidar dos filhos…  e acabam por ter jornadas duplas, triplas de trabalho procurando sempre executar tudo com perfeição.

Até porque ser uma “super mulher” é ser empoderada!

E exercer o empoderamento feminino, demanda muita energia … não é?

Ao mesmo tempo em que a imagem da a Mulher Maravilha contribuiu para o empoderamento feminino, ela criou sobrecarga para as mulheres do século XXI: a chamada “Síndrome da Mulher Maravilha”.

Esse tipo de síndrome é um desequilíbrio que toda mulher tem, já teve ou vai ter… é da nossa natureza mesmo… das Mulheres Contemporâneas.

E não é a toa que as vezes a gente se esgota ou até mesmo surta!

Então vamos lá descobrir se você está ou já permeia essa zona de alerta. Vou trazer algumas questões para você refletir.

1.  Você se sente frequentemente pressionada a desempenhar muitas tarefas (seja em casa ou no trabalho), dar conta delas e resolver tudo sozinha?

Se sua resposta imediata for sim, esse é um sinal de alerta!

Há uma necessidade muito forte em nossa essência de demonstração de força, capacidade de superação e vontade de acertar. Queremos conduzir as rédeas de nossas vidas e abraçar mais do que que cabe em nosso abraço.

Saiba que você não precisa dar conta de tudo. Vamos combinar: tudo é sempre muita coisa.

Fazer tudo demanda ter muito tempo e não cabe tudo em 24horas. Fazer as coisas com presença traz mais efetividade do que ticar tarefas!

Se você surta de vez em quanto porque acha que não vai dar conta, está tudo bem.

Sabe: tudo e todos se ajeitam sem você, e aproveite esse tempo em que os outros se viram com suas coisas para cuidar de você.

2.Você tem que ser a mãe perfeita, ou a esposa perfeita, ou a profissional perfeita, ou a amiga que não esquece um aniversário, ou a filha exemplar…?

Somos cobradas por nós mesmas, pela família, pela sociedade e por qualquer pessoa que faça parte do nosso círculo de relações para alcançar altos níveis de perfeição.

Se existe essa busca infinita de perfeição é melhor ficar atenta porque alcançar altos índices de cobrança é uma ilusão.

Que tal se dedicar mais e escolher ser melhor, ser mais assertiva e aproveitar cada momento festejando o que conquistou e com quem você ama.

Perfeição e vida real na mesma frase não fazem sentido.

3. Você acredita que pode controlar tudo da sua maneira e que se pensar em tudo vai deixar a vida mais segura?

Colocar sua energia para organizar, planejar, projetar faz parte da vida. Só assim alcançamos nossos sonhos.

Porém, a vida real não é tão simples como o planejamento estratégico e há muitas engrenagens para que as coisas aconteçam que não dependem só de você. E mais uma coisa, as pessoas não são bonequinhos que você maneja de acordo com o que deseja, elas tem vontade própria: como você.

Controle demais tira sua espontaneidade e as oportunidades de aproveitar novas possibilidades: pense nisso!

O que é mais gostoso: poder escolher qual o sabor de suco de fruta que quer tomar ou todos os dias sentir sempre o mesmo sabor?

4.Você costuma se comparar com os super poderes das outras super heroínas?

Ter mulheres em qual se espelha é muito bom. Se elas já chegaram onde sonha estar então é possível realizar seus sonhos e ir até além.

Porém, quando você só quer alcançar os passos de outra pessoa está deixando de dar os seus próprios passos, de escrever a sua história.

Como você a maioria das pessoas coloca a disposição dos outros o lado bom da sua vida e esconde debaixo do tapete os momentos em que esteve descabelada lutando para superar seus próprios limites.

A sua grama deve ser verde porque te dá prazer e não porque a grama do vizinho é mais verde.

 

 

É claro que qualquer pessoa que se coloque a disposição dessas cobranças, as quais fiz você refletir, vive no limite de suas capacidades físicas e mentais.

O controle e a  sensação de que nunca é suficiente é constante.

E aparece a grande vilã quando não consegue atingir os parâmetros que colocou para si mesma: a culpa.

Se você perceber que a culpa está constante é muito importante que você avalie: como essa demasiada entrega para a perfeição está impactando a sua vida.

E é sempre importante frisar algumas coisas que passam desapercebidas na correria do dia-a-dia:

1. Você tem o direito de dizer não

2. É necessário avaliar o que constantemente o que é mais importante

3. É necessário aprender a delegar tarefas e acolher o tempo de cada pessoa

4. O autoconhecimento também é uma poderosa arma para lidar com as cobranças. Invista em você!

5. Reserve momentos para si mesma, como eu te disse o mundo vai caminhar por alguns minutos sem a sua presença.

Que possamos seguir entregando o que temos de melhor nunca nos faltando saúde, bem-estar, paz e alegria.

E eu te desafio a olhar para si mesma e desacelerar, escolha algumas tarefas que podem ser delegadas, uma só já é um grande começo!

Até a próxima!

Tamaris Fontanella

 

E se você é empreendedora e mesmo com toda a sua potência tem dificuldades de ter sucesso, eu acredito que você está direcionando a sua energia de forma errada. Vem comigo aqui que eu te explico!

Originally posted 2020-10-14 15:05:31.

Será que você sofre com o “Abuso da Essência”? – Café com Tata Yaga

Hoje, quero dissertar com você sobre um dos pilares de estudo do meu trabalho: o Abuso da Essência.

Você que tem procurado conhecer meu trabalho sabe que o pilar de todo o “Despertar Feminino” é a Theaterapia®.

A Theaterapia® é um pensamento funcional que norteia a Jornada da Mulher Contemporânea.

Essa Jornada na minha visão tem 5 aspectos que se dividem em portais de sabedoria da energia feminina.

Os pilares que sustentam todo o arcabouço de saberes da Theaterapia® são:

  • a Unidade de Ser e Estar
  • o Abuso da Essência
  • o Sequestro da Subjetividade
  • O Poder do Aqui e Agora e o Retorno ao Lar Curador
  • o Empoderamento Feminino e a Potência da Unidade na Coletividade.

Como disse anteriormente, hoje divido com você um pouco do “abuso da essência” e meu objetivo é para que você desperte para esse assunto, porque ele está mais presente em sua vida do que você pensa!

Em todas nós há uma couraça que esconde a verdade da Alma, nosso manto das feridas sagradas, como nos protegemos de toda a dor que nos pode ser infligida.

Há muitas situações que bloqueiam nossa expressão de sensações, sentimentos e pensamentos ou até mesmo a privação da capacidade de administrar a própria vida.

O  “abuso da essência” é algo silencioso e sagaz!

Nossa incapacidade ou falta de disposição para falar abertamente sobre ele  faz com que fechemos nossos olhos para o que afeta nossa vida, nossa família, nossa comunidade e a sociedade de um modo geral.

Escondemos os abusos por causa da vergonha, deixamos ele abaixo da superfície, de onde permeia nossa vida pessoal e pública, para nos protegermos de algo que pode ser destrutivo e insidioso para  nossa “essência”.

Aqui nessa omissão o principal motivo é a vergonha. E nós sabemos a vergonha é utilizada como ferramenta de humilhação e exclusão, e nenhum ser quer ser rejeitado.

A vergonha é um sentimento doloroso que nos faz acreditar que somos inadequados e por isso indignas de aceitação e acolhimento.

Com a vergonha vem a desconexão e com essa desconexão o medo. E assim nos fechamos abraçando nossos segredos mais profundos.

A “essência” é o seu “Ser”, é uma unidade difusa à personalidade (suas atitudes e predisposições de comportamento) que você revela e  conhece, representado partes de si em sua própria consciência.

A “essência” é aquela que carrega todo o código de sua vida (genético, psíquico, espiritual) e suas experiências vividas.

Consequentemente, o que omitimos de nós contribui para uma grande variedade de problemas mentais e de saúde pública, entre os quais a depressão, os transtornos de ansiedade, distúrbios alimentares, bullying, suicídio, abuso sexual e todos os tipos de violência física e emocional.

O “abuso da essência” é usado como ferramenta para criar, ensinar e educar nossos filhos. E como crianças que fomos sofremos com isso.

 

Abuso é tudo aquilo que causa sofrimento e fere.

Às vezes, tão ou mais prejudicial que o abuso físico é o abuso psicológico, que se caracteriza por rejeição, depreciação, discriminação, humilhação, desrespeito e punições exageradas.

O abuso da essência trata-se de uma agressão que não deixa marcas corporais visíveis, mas emocionalmente causa cicatrizes tão profundas para toda a vida e torna o ser diminuto em sua capacidade de transcendência.

O “abuso da essência” permeia nossa existência, “somos o que somos” porque passamos por ele de forma “gloriosa”!

Focamos tanto em cuidar de nós mesmas e de nossa família que não enxergamos as ligações que permitem que o problema seja estendido acontecendo em larga escala.

Achamos que se trata de um problema pessoal ou questões de autoestima em vez de um sério problema social.

Todas as lições que nos forem ensinadas modificaram e moldaram nossos comportamentos, pensamentos e sentimentos, a fim de que fossemos doutrinadas a sermos mulheres “aceitavelmente” sociais.

E assim aprendemos como boas alunas, mudamos a pessoa que viemos para ser e nos tornamos a pessoa que se deve ser.

Nada é mais eficiente para nos silenciar do que o “abuso da essência”.

Nossas mídias prometem prêmios àqueles que ofertam traições, confrontos hostis, exclusão, humilhação para alcançar seus altos índices de audiência.

Nos entretemos olhando “a desgraça” e a “vergonha” do outro, e ao mesmo tempo, tentamos compreender porque o mundo se tornou tão assustador.  E, porque a política é um mero jogo de contenção de classes. E, o que ocorre com aqueles que tanto amamos que sofrem com altos níveis de ansiedade.

Nossa cultura impulsiona o medo, a recriminação e a desconexão como uma poderosa incubadora para humanos perfeitos, estereotipados, afim de que sejam “humanos poderosos”. Porém, todo esse poder serve a um único “poder maior”: a engrenagem social.

Toda vez que você se limita, engole seco,  se deprimi, se fecha, perante uma situação ou frente a uma pessoa impedindo que você  se expresse você: sofreu ou cometeu um abuso de sua essência.

E aqui não estou falando do outro em cometer tal atrocidade com você, estou também trazendo “luz à sua consciência” de que os maiores ladrões de nossa potência: Somos nós mesmas”.

A Theaterapia vem romper nossos véus, remover barreiras, ancorar nossos medos, para que busquemos nossa Luz Verdadeira!

Espero que a partir de hoje olhe com mais carinho sobre como tem exercido sua essência em sua vida.

Bjus de Luz

Até a próxima

Tamaris Fontanella

 

 

Originally posted 2020-10-07 16:00:06.

Não é necessário ter medo para: Ser Você Mesma – Café com Tata Yaga

Aprendemos tantas coisas que moldam nossas atitudes e comportamentos, e  revelam nossa vulnerabilidade, que é muito compreensível que você tenha medo de exercer: “Ser Você Mesma”.

 

“O esforço para se sentir aceita e digna não dá trégua” (Brené Brown)

 

Passamos grande parte de nosso tempo tentando agradar os outros para recebermos atenção, afeto, para que eles correspondam as nossas expectativas e nós as deles.

 

Perdemos muito tempo em “joguinhos” que nos distanciam de mudanças significativas e duradouras em nossas vidas.

 

Eu, você e quem você ama não são pessoas perfeitas!

Ali nas camadas mais escondidas, aquelas que suprimimos a todo o momento para parecermos mais fortes que somos, existe uma vulnerabilidade que não tem porque se envergonhar!

Você tem ideia de que a Mulher que se tornou hoje é porque teve em seus caminhos diversas superações?

Que cada obstáculo fez com que você lidasse com suas vulnerabilidades para conquistar o que desejava?

Quanto menos você compreende as suas vulnerabilidades e como elas afetam seus sentimentos, pensamentos e comportamentos mais o medo exerce poder em sua vida.

 

Você só se congela diante daquilo que desconhece!

Então se é um medo conhecido, essa vulnerabilidade, ele já perdeu o seu poder!

 

Por exemplo, eu tenho medo de altura. Não sei onde essa gatilho entrou em minha vida, até porque quando criança o meu brinquedo preferido era o teleférico. Porém hoje eu tenho ferramentas que me colocam frente ao medo de altura e consigo enfrentá-lo com muita segurança. Eu sei exatamente como esse “medo de altura” fala comigo e me deixa frágil ao ponto de desistir de fazer algo que eu tanto queria.

A historia que vc conta da sua história, a forma como você se percebe, está ligada totalmente como acolheu as suas emoções. E foi catalogando essas informações na sua psique.

Acredite o seu sentir muda ao longo dos anos, se perceber frente as sensações faz com que compreenda e acolha novos sentimentos.

E quando você enfrenta uma vulnerabilidade a melhor forma de lidar com isso é o auto-acolhimento.

 

 

Desenvolver a resiliência frente a essas limitações faz com que você as reconheça, enfrente-as de forma construtiva e cresça a partir das experiências que vai descobrir se libertando do medo, da culpa e da desconexão.

Somente o acolhimento, a compaixão te levará em direção da coragem e de viver uma vida mais autêntica.

Na Theaterapia mapeamos nossas vulnerabilidades, uma de cada vez, e vamos tornando-as conscientes.

As observamos de diversos ângulos e vamos acolhendo etapa por etapa até estar frente a frente com essa faceta que existe dentro de nós.

Não há necessidade de haver um enfrentamento, ou de também se jogar nesse acolhimento sozinha. Ter ajuda e saber que há o momento certo para trabalhar com suas vulnerabilidades é ter sabedoria!

 

Hoje convido você a perceber:

  • Existe algo que você já deixou de fazer ou vem deixando de fazer que é necessário para expressar quem você realmente é?
  • E o que te reprimi, o que te oprimi que não permiti que você exerça sua potência verdadeira?

Ahhh … “o que os outros vão pensar … vão dizer …”, “vão me chamar de louca”, “estou muito velha pra isso” ….

São imprintings que você mesmo alimenta em sua mente e tornam-se a programação perfeita para você desistir de exercer realmente quem você é!

 

Mulher lembre-se: só você pode colocar sua energia para andar, para ser e estar nesse mundo!

É hora de ocupar o seu lugar e exercer a Potência que você é!

Até breve,

Tamaris Fontanella

 

Como uma Agente de Transformação que trabalha com mulheres você precisa comunicar a sua verdade, o que realmente vai transformar a vida das pessoas.

Quer saber como pode ganhar dinheiro e ajudar muitas mulheres com a potência que você já descobriu aí em si mesma? Vem aqui que eu te conto!

 

 

 

 

Originally posted 2020-09-30 15:43:52.

Livre-se da Ansiedade – Café com Tata Yaga

A ansiedade é um estado caracterizado por apreensão, desconforto e insegurança, gerado através da expectativa de que que irá acontecer, seja algo ruim ou até mesmo bom.

Na grande maioria das situações, não há qualquer indício de que isso realmente irá se concretizar, são projeções de espera, contudo para a mulher que apresenta ansiedade esses pensamentos a deixam inquieta e tensa, com um sentir bem desorganizado.

Esse sentir desorganizado acaba lhe causando diferentes tipos de sensações de mal-estar físico, além de comprometer diversas áreas de sua vida.

Hoje vivemos em um ritmo acelerado, o que, consequentemente, influencia a rotina e a vida de grande parte das pessoas de todo o mundo, com destaque para o Brasil. Para se ter uma ideia, nosso país é o primeiro da lista no ranking de ansiedade, somando quase 19 milhões de brasileiros, o que equivale a 9,3% da população. (fonte folha de sp 2019)

Não seria diferente na quantidade das pessoas que me procuram na Theaterapia, a maioria das mulheres apresentam essa queixa.

Se você é uma dessas pessoas que vive pensando no futuro, no amanhã e suas infinitas possibilidades, saiba que não está fadada a viver com a ansiedade.

Vou dividir aqui com você 12 Atitudes para ir se libertando da ansiedade, tarefas práticas para que consiga nas atividades no dia a dia ir tomando as rédeas do seu presente e posso viver com mais prazer e alegria.

 

Mas antes de começar sair por aí praticando é importante que compreenda que você não tem ansiedade, “está” num estado que permite que a ansiedade domine seu ser. Ou seja, você está entregando a um predador da sua psique a sua vida e está na hora de querer Ser e Estar, habitar esse corpo para abraçar tudo que lhe pertence.

Se está seguindo recomendações médicas continue seu tratamento e em algum momento seu médico irá perceber a sua melhora.

 

1 – Se mexe garota!

A ansiedade adora atacar gente que tem a vida parada, a forma dele é colocar os pensamentos para se movimentar, então “corpo são mente sã” faz aqui o maior sentido.

A prática de exercícios eleva a produção da serotonina, substância química que aumenta a sensação de prazer e promove o relaxamento, o que é ótimo para deixar os pensamentos ansiosos de lado. Antes de começar, principalmente se está saindo de um estado de sedentarismo, é importante fazer sua  avaliação de saúde e verifique se está apta e se existe algum cuidado que deve tomar.

 

2 – Utilize técnicas de relaxamento

Pessoas ansiosas tendem a se estressar com mais facilidade, por isso, algumas alternativas interessantes para promover o relaxamento e o bem-estar incluem: acupuntura, ioga, meditação e, até mesmo, tratamentos homeopáticos e florais.

A mais fácil técnica de relaxamento é ter consciência de algumas vezes ao dia de respirar, respirar fundo e retirar o peso dos ombros. Simples né, bora lembrar disso (coloca o despertador do celular para te ajudar)

Outra dica é a respiração chamada diafragmática, ajuda a reduzir a ofegância, a taquicardia e o tremor.

Aproveite para praticar meditações lá do nosso canal do youtube.

 

3 – Atente-se aos seus pensamentos

Você já se percebeu à qualidade dos seus pensamentos?

Quando notar que ideias negativas estão rondando a sua mente, pare, respire e se questione sobre o que é real e o que sentindo. Assim, poderá mudar o foco dos seus pensamentos e dar a eles uma conotação positiva.

 

4 – Foque no aqui e agora

Quando você se foca no momento presente, a probabilidade de  se sentir ansiosa diminui consideravelmente, porque passa a ter total ciência do que está acontecendo, em vez de se distrair com o passado ou o futuro, que é o que gera as crises de ansiedade.

Tarefas do dia a dia faça com presença. Se a cabeça divagar respire fundo, e volte a atenção para o que está fazendo.

 

5 – Mantenha os ambientes organizados

Você sabia que manter os ambientes organizados ajuda a controlar a ansiedade?

Isso mesmo, quando estamos em locais caóticos, com sujeira e objetos espalhados, os pensamentos ansiosos tendem a aumentar.

Procure sempre manter os ambientes organizados, pois isso te ajudará a manter o equilíbrio e o autocontrole, além de otimizar seu tempo, já que não precisará passar horas procurando os itens que precisar.

 

6 – Conviva com pessoas que lhe façam bem

Estar com pessoas que amamos e temos afinidade faz toda a diferença em nossa qualidade de vida e em nosso autocontrole emocional.

Por essa razão, procure fortalecer os relacionamentos e evite que a correria do dia a dia faça com que perca o contato e se afaste de quem você gosta. Estar com essas pessoas fará com que se sinta mais confiante, relaxada e, consequentemente, menos ansiosa.

 

7 – Pratique o autocuidado

Dedique um tempo de seu dia para cuidar da pessoa mais importante de sua vida, você!

Por mais que se preocupe com os seus amigos e familiares, saiba que cuidar de si é essencial para que se mantenha forte para continuar cuidando deles.

Portanto, ouça sua voz interior e conheça suas necessidades. Direcione parte da sua energia para tornar reais os seus sonhos e planos. Invista em você!

 

08 – Seja leve!

Nosso humor é diretamente impactado pela qualidade de nosso estado interno.

Para melhorar a sua qualidade de percepção da vida perceba o mundo sem julgamentos e sorria.

O riso contribui para a cura emocional diária, trazendo mais positividade e equilíbrio para a sua vida.

Aprenda a ver o lado bom das coisas e os ensinamentos que os acontecimentos tem, nem tudo é tão ruim para estragar o seu dia!

 

09 – Confie em Si

Você é e sempre será a sua melhor companhia, pois, por mais que tenha pessoas especiais ao seu redor, existem coisas que elas não podem fazer em seu lugar. Acredite, ninguém estará mais do seu lado na vida do que você mesmo, então, invista nessa parceria e seja fiel à sua essência e aos seus valores.

Você é merecedora de tudo o que o universo tem a lhe oferecer, por isso agradeça, entregue e confie.

 

10 – Ande em suas palavras

Seus pensamentos e as suas ações precisam falar o mesmo idioma. Se você agir fora dos padrões do que seus valores pessoais dizem, ficará ansiosa e poderá enfrentar episódios de crise.

Portanto, pense sobre o que está por trás de cada uma das suas ações, reflita sobre quais são as suas reais necessidades e seja leal àquilo que acredita.

 

11 – Durma bem

Um dos momentos mais sagrados de nosso dia é quando nos deitamos para dormir. Por isso, antes de ir para o quarto, evite agitações, preocupações e desgastes.

Lembre-se que você não pode controlar o mundo, mas pode gerenciar suas ações, pensamentos e sentimentos.

Escolha ter paz e tranquilidade quando for se deitar para dormir, isso ajuda a controlar a ansiedade e, consequentemente, melhora a qualidade do sono.

 

12 – Conheça a si mesma

Quem se conhece, sabe quais são seus limites, suas capacidades e consegue diferenciar um movimento de auto-sabotagem, esforço e dedicação.

Quem se conhece, tende a se aceitar melhor e a agir sem culpa, demonstrando que tem autodomínio emocional.

Quanto mais você se conhecer, mais poderá se curar e se potencializar.

Invista no relacionamento consigo mesmo e veja o quanto a sua visão sobre as coisas poderá se transformar.

Quando se perceber ansiosa, prestes a ter uma crise, busque dentro de si o motivo, a razão, o ativador mental que te fez perder o controle.

Dessa forma, sabendo o que te incomoda, fica muito mais simples escolher a melhor ação para controlar o que está sentindo.

 

Aproveite para compartilhar este artigo em suas redes sociais e ajudar mais pessoas que estejam em busca de formas de controlar a ansiedade.

Fontes:  https://veja.abril.com.br/saude/os-brasileiros-sao-os-mais-ansiosos-do-mundo-segundo-a-oms/ https://www.jrmcoaching.com.br/blog/controlar-ansiedade/

Originally posted 2020-09-23 15:10:51.

O Momento de Poder é Aqui e Agora | Café com Tata Yaga

Não passe a vida lamentado pelas coisas que não deram certo no passado. Aproveite o seu agora para começar um novo capítulo em sua vida e prepare-se para escrever uma bela e longa história daqui para frente! (Eckhart Tolle)

Muitas de vocês me perguntam como cheguei tão longe, como pude realizar tantas coisas, como se isso fosse algum poder mágico.

Está bem, pode até ser uma magia, mas hoje vou dar um nome a ela: “Presença!”.

Para mim: não existe passado, não existe futuro, a realidade é o momento presente.

É agora que as oportunidades estão a disposição.

 

O simples fato de estar presente, sem julgar, sem avaliar ou analisar, me entregar a escuta da minha sensação e do meu sentimento para dirimir as minhas escolhas.

A magia é a “Presença”.

É claro que tudo que escolho hoje vai direcionar o meu amanhã, mas não defini o meu amanhã.

Quando você reconhece que o momento de poder é aqui e agora, você vive a realidade, o que é palpável.

E não é nada complicado, essa presença é estar fazendo as coisas do seu dia a dia promovendo a si mesma a conexão com o que está acontecendo. Manter a atenção plenamente no que está fazendo.

Para começar a viver o presente você pode realizar tarefas fáceis com consciência, por exemplo:

1) Banho: Ao tomar banho, ponha sua atenção em tudo que envolve o seu banho: seu corpo, textura, temperatura, sensação, a água que te toca, o sabão, etc. Esse movimento mental não deixa de ser um leve estado hipnótico. Tudo que você deve prestar atenção é no que está fazendo e acontecendo aqui e agora. Com isso, outros pensamentos, ditos intrusos, são deixados de lado, sem que eles tomem lugar do seu objetivo. Você pode treinar cada vez mais para estar no comando do seu pensamento. Você domina suas ideias e não ao contrário, se divagar volte a atenção para o ritual do seu banho.

2) Lavando o rosto ao acordar: Ao lavar o rosto ao acordar, você pode fazer o mesmo processo descrito acima. Sua atenção pode e deve estar na ação realizada, nas suas mãos que tocam o rosto, na água, no sabão, etc. Quanto mais simples a ação executada melhor, assim, você evita desvios de atenção e emoções invasivas quando o momento pede sua serenidade e total capacidade para o estado de presença. Ideias negativas, crenças errôneas e mal estar são eliminados ao estar pleno no presente.

3) Abrindo a porta de casa: Esse pode ser um bom momento de treino, por ser algo feito num curto espaço de tempo. Focalize sua mente nas suas ações. No seu corpo, no seu movimento, no peso da chave, no que seus olhos veem, na fechadura a sua frente, na porta, etc.

 

É na simplicidade que você vai ocupando a sua “Presença” e assim com o tempo tudo o que o Universo coloca a sua disposição pode ser abraçado com mais consciência.

Muitas mulheres descobriram que na simplicidade da sua história existem potência que podem ajudar outra mulheres a serem mais felizes e terem mais prazer de viver.

Você tem potências aí que pode ajudar outras mulheres. Você pode ser um divisor de água para mulheres que ainda caminham com dores.

Quer saber como você pode ser uma Agente de Transformação, ajudar muitas mulheres e ter um caminho de sucesso profissional com as potências que você já tem? Clique aqui que eu te conto tudo!

Você controla a sua realidade no momento presente, não tem como controlar o amanhã.

O amanhã não é um controle remoto que você pode ligar ou desligar a medida em que ele não foi o que esperou dele. E se esperou algo é porque não estava no presente, estava idealizando o seu futuro.

Hoje mesmo você pode refletir sobre:

  • O que você pode perceber ao eliminar seu dialogo interno (aquela voz dentro da sua mente)?
  • Como sua vida se torna mais leve ao estar em contato com as coisas como são e não como você fantasia?

Prove essa nova sensação de liberdade. Se entregue ao agora, plante algo para a possível colheita amanhã que faça reviver os momentos bons que tem no presente.

Viva o presente, tenha prazer na sua entrega no Aqui e Agora.

Isso é Vida, isso é viver, isso é o Poder do aqui e Agora.

Bjus de Luz com muitos saberes da Theaterapia

Tamaris Fontanella

 

 

 

Originally posted 2020-09-17 16:02:54.

As escolhas que nos fazem bem – Devaneios da Deusa

A nossa vida é feita de caminhos. Os caminhos são determinados pela escolha que fazemos,  escolhas do que ter, onde ir, o que fazer …. assim colocamos a nossa Essência, nossa Alma, para co-criar uma realidade.

Muitas oportunidades são nos dadas nessas escolhas, boas ou más, estão ali.

– Mas o que determina que elas serão boas ou más? Porque nem tudo é tão certo ou tão errado, tudo tem seu meio termo …

O que determina para você a escolha certa é a consulta aos seus valores e aos seus propósitos.

Em um artigo anterior eu falei nosso o nosso anseio de “querer” e de encontrar respostas para firmar nosso propósito de realizar o querer. Nossa irmã Lívia Correia também colocou em poesia o que Move o Querer. E a Andressa já dissertou sobre nossas raízes e valores. Ahh e eu falei sobre o querer saber demais com o auxílio da Baba Yaga. Dá uma chegadinha nesses links para complementar seus saberes depois de ler esse texto!

Voltando as escolhas, tendemos em nossa vida a olhar para só um caminho se esquecendo que nos apossamos de vários papeis em nosso vida. Na família, na escola, no trabalho, no relacionamento … temos papeis como mãe, pai, filha, aluna, terapeuta, professora, namorada, mulher, amante, amiga, conselheira … papéis que nos são atribuídos inserindo posturas que determinam caminhos e que agarramos para estar no tempo e espaço presente e expressar quem somos.

 

Escolhemos Estar e Ser em todos esses caminhos, fazemos escolhas constantemente para não neglicenciar a nossa Essência e não nos perder de nossos valores.

Quando fazemos escolhas por prioridades é aí que perdemos as oportunidades. Quando priorizamos mais uma área que outra em nossa vida negligenciamos outra e assim e não com a concatenação onde todas se encontra.

Nenhum caminho deve se sobrepor ao outro! Seja Sábia!

Bjus de Luz
NamasThea!
Original de 30 de Maio de 2017
Você sabia que os caminhos que você já trilhou são ferramentas que podem ajudar outras mulheres?
Que da simplicidade da sua vida, dos obstáculos que já superou e das conquistas que você já teve existem potências que fariam a diferença na vida de outras mulheres?
Que elas precisam dos saberes que você já tem?
texto Tamaris Fontanella
#despertarfeminino #devaneiosdadeusa #arquétipos
#sagradofeminino #femininosagrado #saberesfemininos

(1) Pedro Calmon (2) Jean Shinoda Bolen

Originally posted 2020-09-04 08:23:38.

Se escolher amar uma mulher desperta

Se escolher amar uma mulher desperta, entenda que estará entrando em um território novo, radical e exigente.

Se escolher amar uma mulher desperta não poderá continuar adormecido.

Se escolher amar uma mulher desperta cada parte da sua alma será despertada, não apenas seus órgãos sexuais, mas também seu coração. Mas, se pretende uma vida normal, siga com uma mulher normal.

 

Se deseja uma vida dócil, encontre uma mulher que decidiu ser submissa.

Se deseja apenas mergulhar o dedo do pé nas águas que correm de Shakti, mantenha-se com uma mulher correta, que ainda não mergulhou na fúria do oceano sagrado feminino.

 

É fácil amar uma mulher que ainda não ativou seus poderes sagrados internos, porque ela nada exigirá.
Ela não te porá à prova.
Ela não exigirá que te tornes o mais alto Ser que podes ser.
Ela não acordará as partes esquecidas e anestesiadas do seu Espírito pedindo que se lembre que há mais possibilidades de vida do que isso.
Ela não vai olhar fundo em seus olhos cansados e enviar raios de Verdade através do seu corpo, balançando-o acordado e sacudindo seus desejos perdidos há muito dentro de você.
Se isso não for suficiente para você – se o seu coração, corpo e espírito anseiam pela “Outra Mulher” – então deve saber que está prestes a transformar a alma. Deve saber que está fazendo uma escolha séria com consequências cármicas. Pois, se decidir adentrar a aura e o corpo de uma mulher cujo fogo espiritual está queimando, então saiba que estas ansiando por um certo nível de risco e perigo, com o propósito de crescer. Uma vez que começa a amar uma mulher dessa natureza você deve aceitar a responsabilidade.

Sua vida não será mais confortavelmente sonolenta o tempo todo. Sua vida não permitirá que fique preso aos velhos sulcos e rotinas estagnadas, pois ela – A Vida – assumirá radicalmente novo sabor e aroma.

Você será inflamado pela presença do selvagem feminino e irá sintonizar-se com o chamado Divino.

A escolha de ser sexualmente e amorosamente íntimo de uma mulher desperta, é para os homens que precisam de coragem para caminhar sem medo do desconhecido. Mas esse homem, vai colher recompensas além da compreensão da sua mente. Ela o levará a mundos desconhecidos de mistério e magia. Ela vai levá-lo hipnotizado e meio entorpecido de amor, às florestas selvagens do êxtase sensual e de admiração. Ela não vai fugir da sua “escuridão”, porque a sua escuridão não vai assustá-la. Ela falará palavras que a sua alma entende.

É um risco enorme amar uma mulher desperta, porque de repente não há um lugar para se esconder.

Ela vê tudo, para que ela possa amar com profundidade.

Amar uma mulher como essa é escolher começar a viver com a sua alma no fogo. Sua vida nunca mais será a mesma, uma vez que convidou essa energia para entrar.

Certifique-se, caso escolha amar uma mulher desperta de que escolheu por não passar o resto da vida olhando para trás sobre o seu ombro, tentando enxergar mais uma vez a visão turva de mistério feminino que desapareceu de sua vista. Pois ela terá voltado para as estrelas e galáxias distantes do céu…de onde ela veio
(texto de Sophie Bashford)

Postado em 26 de dez de 2015

Originally posted 2020-07-30 10:25:04.

Nossas Feridas Sagradas

Compreender o Sagrado Feminino não é o mesmo conseguir viver de sua natureza de forma íntegra.

Somos seres em constante evolução, muitas de nós temos feridas sagradas que as vezes doem e sangram.

O Reencontro com o Poder Sagrado Feminino muitas vezes acontece quando a energia dessas feridas sagradas estão em jogo, quando vivenciamos as profundezas de nossa natureza e necessitamos exercitar o amor sem limites para conosco em nossa cura.

É a nossa natureza Sagrado Feminino que nos ajuda a liberar das feridas profundas lutas internas que estão atrás de nossos estados de insatisfação.

Nossa compaixão, primeiro para nós mesmos, e, em seguida, para outros, é o bálsamo curativo que precisamos.

Parece fácil, sabemos que não é? Mas o caminho só é alcançado quando temos compaixão.

Resistir a compaixão é paralisar nossa verdadeira natureza divina, brincar de esconde esconde com nós mesmas!

Há quatro áreas em que tendem a ficar presos por nossos gatilhos

1) dificuldade em se render à nossa sabedoria interna, a nossa xamã, nossa parte mais divina,

2) a possibilidade de aceitar como as coisas são como são, o de enxergar verdadeiramente o que vemos sem véus .. um se ou acho que,

3) ter uma relação saudável e um relacionamento com nossos desejos mais fortes,

4) a vontade de se comprometer com o nosso verdadeiro propósito de estar aqui, nossas expressões de alegria e amor.

E que assim, hoje, você tenha um momento de seu dia para olhar com carinho a si mesma e possa cuidar com muito afeto de alguma dessas feridas.

Luz e Amor

Tamaris Fontanella

Divina Joia do Lótus

Fazei de mim instrumento de Tua Compaixão

Que vossa Divina Misericórdia

Resplandeça em meu coração hoje e sempre.

Eu reverencio minha Divina Compaixão

Que flua em meu coração na forma Da Divina e Eterna Canção:

“OM MANI PADME HUM”

“OM MANI PADME HUM”

“OM MANI PADME HUM”

OM, OM, OM

Postado em  4 de fev de 2016

Originally posted 2020-07-28 10:47:58.

Somos frutos da causa e efeito – Clã das Cicatrizes

Estamos todas inseridas no Clã das Cicatrizes.

Como Frutos da Causa e Efeito, em primeiro lugar das más e boas experiências, do que somos, fomos e seremos.

Passamos, constantemente,  por um processo de auto-reciclagem a cada dia vivido.

Por vezes, nos tornamos impacientes, arrogantes.

Talvez, por todas as traições e decepções para com as pessoas com as quais empenhamos confiança.

No Clã das Cicatrizes nos encontramos com a  esperança machucada.

Acima de tudo, seguimos anestesiadas pela antiga dor, clamando por um novo recomeço, clamando por felicidade.

Vamos seguindo nossa caminhada tentando retomar nosso espaço de direito.

Um dia percebemos que tem gente realmente disposta a nos ajudar sem receber nada mais em troca que um único sorriso em nossas faces agradecidas, um pagamento valioso para poucos, e superficial para muitos.

Posteriormente, percebemos que existe gente disposta a nos amar sem intenção alguma de nos magoar, ou de se aproveitar negativamente disso.

Resumindo, percebemos que o mundo não é feito somente de pesares.

Nossa percepção vai ficando aguçada e vai muito além das nossas mazelas.

Passamos a enxergar mais cores que são reverberadas pela nossa vontade de entrega ao outro e que reflete as cores que realmente temos e a luz que verdadeiramente somos.

E Renascemos Mulheres, Sacerdotisas, do Ar, do Fogo, da Água  e da Terra

Porque assim o É  e sempre será!

texto:✨Despertar Feminino 💞 Tamaris Fontanella✨

#despertarfeminino #saberesfemininos #saberesdethea #irmandadefeminina #irmandadedethea #circulodemulheres #sororidade #femininosagrado #sagradofeminino #theaterapia #ancestralidadefeminina #medicinewoman #autoconhecimento #empoderamentofeminino #xamanismofeminino #terapiadamulher #medicinasfemininas #ciclicidadefeminina #tamarisfontanella #terapiafeminina #curadofeminino #ciclosfemininos #alquimiaemocional #poderpessoal #vidamaispositiva #imteligenciaemocional

Originally posted 2020-07-22 23:43:46.

Ao olhar em meus olhos você, ela, eu, todas nós

Eu sou uma mulher selvagem.
Eu sei, apesar de tudo que já me disseram
ou da forma que tentaram me dominar
nunca irei deixar me domesticar.

Eu sou uma mulher selvagem.
Eu aprendi, o que significa ser um portadora de vida, do ventre à mente, da mente ao mundo, do mundo ao Todo, do Todo ao fogo do meu coração.
Para criar arte
Para plantar sementes de amor
Para respirar estrelas
Para expirar uma pequenina flor.

Eu sou uma mulher selvagem.
Da lama da sola dos meus pés
Da sujeira por baixo das minhas unhas
Das cicatrizes de minha alma
Eu sou una com a terra
E bailo no sussurro dos ventos nas quatro direções sagradas.

Eu sou uma mulher selvagem.
E o espírito de todas as mulheres selvagens estão em mim
Que o chão estremeça com nossas quatro patas!
Que o uivo se alastre de nossos corações!
E ao olhar em meus olhos você reconheça a energia instintiva minha, dela, ela, eu, todas nós.


🌺Despertar Feminino 🌿 Tamaris Fontanella 🌺
Partilhas da Jornada Traga seu Amor de Volta em 21 Dias

Postagem original de 01/03/2020⠀
#despertarfeminino #saberesfemininos #saberesdethea #irmandadefeminina #irmandadedethea #circulodemulheres #sororidade #adorosermulher #femininosagrado #sagradofeminino #theaterapia #ancestralidadefeminina #medicinewoman #autoconhecimento #amosermulher #sisterhood #empoderamentofeminino #xamanismofeminino #mulheresxamanicas #terapiadamulher #meditação #medicinasfemininas #sacredmedicine #tamarisfontanella

Originally posted 2020-07-11 12:58:52.

Mulher Medicina

Reconhecer – se mulher medicina requer um preparo.
Este preparo envolve um todo.
Intelectual, Psicológico, Energético…

Para despertar a mulher medicina que há em você, primeiro, é preciso se enxergar mulher.
Re-significar as dores, as opressões…

Trazer para uma nova ótica e entender que tais coisas, tais fatos que te feriram não é da sua essência.
A essência da mulher vai além.

É mergulhar nas profundezas mais recolhidas de seu ser e buscar as fontes de beleza que mãe terra te presenteou.
Lá nos nossos recursos mais profundos, guardados como tesouros secretos – e que realmente são – está a conexão com a Grande Mãe com a essência de ser Mulher.

Mergulhar nas profundezas do seu ser e desabrochar mulher.
Mulher em essência.
Que observa além, que escuta além.

Além do olhar ferido do outro que outrora já nos feriu.
E ao re-significar isso, descobre o seu primeiro feixe de cura: O olhar do amor…

…Por si!

Serpente e a Lua

Por Lívia Correia

postagem original de  17/02/2017

Conheça a rede da Theaterapia

Originally posted 2020-07-10 10:18:20.

Nossa defesa é a armadura da vitória

Todo dia você coloca a mesma armadura para defender seus pré-conceitos e verdades: uma vitória sem prêmios. Mulher Maravilha né?

 

 

Mecanismo de defesa é uma denominação dada por Freud para as manifestações do Ego diante das exigências das outras instâncias psíquicas (Id e Superego).

Os mecanismos de defesa são determinados pela forma como se dá a organização do ego, que se inicia lá em nossa primeiro infância.

Quando bem organizado, tende a ter reações mais conscientes e racionais.

Todavia, as diversas situações vivenciadas podem desencadear sentimentos inconscientes, provocando reações menos racionais e objetivas e ativando então os diferentes mecanismos que servem para que possamos manter a integridade do que acreditamos.

Com a finalidade de proteger o Ego, as nossas ilusões e castelos montados de um possível desprazer psíquico em se conquistar a vitória, os mecanismos de defesa, acabam por si só anunciar escapes da contenção energética que se gera. E é ai que surgem os sentimentos de ansiedade, medo, culpa, entre outros.

Resumindo, os mecanismos de defesa são ações psicológicas que buscam reduzir as manifestações iminentemente perigosas ao Ego. Em contrapartida o que foi reprimido da realidade tem um escape que nem sempre é tão consciente e saudável como desejamos.

Prezamos dia a dia manter a nossa verdade, caminhar em nossas palavras, e em tudo aquilo que foi programado em nós para acreditarmos.

Acima de tudo queremos ser verdadeiras com a realidade que criamos e o nível de consciência que temos.

Acordamos todos os dias e colocamos nossas armaduras.

 

Saímos, quase com dificuldade de caminhar com toda a bagagem psíquica que carregamos, para aproveitar a vida.

Queremos ser vitoriosas as custas de negligenciar o que acordar todos os dias nos proporciona: Novas Verdades!

Hoje você não é mais a mulher que foi ontem, e nem será a mesma amanhã.

Se dê a oportunidade de flexibilizar suas armaduras, de deixar o novo entrar em sua vida!

Quebre seus paradigmas!

O que pode acontecer?

Você criar uma nova realidade ou fortificar seus valores e virtudes.

Até logo!

Tamaris Fontanella

#despertarfeminino #theaterapia #tamarisfontanella #inteligenciaemocional #saberesdethea #saberesfemininos

 

Muitas mulheres descobriram que na simplicidade da sua história existem potência que podem ajudar outra mulheres a serem mais felizes e terem mais prazer de viver.

Você tem potências aí que pode ajudar outras mulheres. Você pode ser um divisor de água para mulheres que ainda caminham com dores.

Quer saber como você pode ser uma Agente de Transformação, ajudar muitas mulheres e ter um caminho de sucesso profissional com as potências que você já tem? Clique aqui que eu te conto tudo!

Originally posted 2020-07-05 21:49:51.

8 Dicas de Filmes Sagrado Feminino

1. As Telefonistas

As Telefonistas foi produzida como série de televisão de drama de época espanhola pela Netflix. Já tem 5 temporadas e claro como todas as séries vai mudando sua essência, algo se perde e algo novo nos encanta. Como eu disse é um drama com a força do Feminismo encabeçando o seu enredo, ambientado nos primeiros anos do século XX. O que esperar? Mulheres lutando por seus ideias, reconhecimentos e direitos; buscando respeito e conquistando a liberdade de amar.

 

2. Estrelas Além do Tempo

No auge da corrida espacial travada entre Estados Unidos e Rússia durante a Guerra Fria, uma equipe de cientistas da NASA, formada exclusivamente por mulheres afro-americanas, provou ser o elemento crucial que faltava na equação para a vitória dos Estados Unidos, liderando uma das maiores operações tecnológicas registradas na história americana e se tornando verdadeiras heroínas da nação. Encantador, sublime, poderoso!

3. Erin Brockovich - Uma Mulher de Talento

Uma mãe solteira consegue emprego como assistente de um advogado e começa uma cruzada contra uma grande empresa, que está contaminando o reservatório de água da cidade. Erin Brockovich vai te encantar com sua força, coragem e determinação. Quer uma pitada de empoderamento? Play!

4. Maria Madalena
Até aqui ok

Contar pela primeira vez a história de Maria Madalena no cinema não foi tarefa das mais fáceis. Numa tentativa de desconstruir as chagas do feminino que Maria Madalena carrega (por todas nós) e mantê-la com sua forte presença feminina na história de cristo (para não machucar o partiarcado) não é uma superprodução, mas tem sua importância e a força de quebrar paradigmas. Teremos transformação de caráter, inclusão social, cidadania e igualdade entre os gêneros, potência feminina e algumas coisitas mais que você deve conferir!

5. Absorvendo Tabu

Vencedor do Oscar de 2019, o curta-metragem “Absorvendo o tabu” aborda a menstruação no contexto das mulheres indianas. Boa parte da população indiana não usa absorventes higiênicos. E não pense que isso é uma tendência sustentável como vem acontecendo no Brasil, em que as mulheres estão optando pelo coletor menstrual, por absorventes de pano ou até calcinhas preparadas para o período. Segundo o documentário, apenas 10% das mulheres na Índia tem acesso aos absorventes. Absorvendo o tabu é um filme bom para mostrar o quanto ainda há privilégios no mundo e revela a incrível força de mudança quando as mulheres se unem!

6. A Tenda Vermelha

“Red Trend (A Tenda Vermelha) é inspirado em um livro com seu mesmo nome e nos encanta por resgatar a antiga religião junto as práticas cristãs. Antes de Anita Diamant dar voz a esta personagem em “A Tenda Vermelha”, o registro de sua existência estava apenas em um único capítulo da Bíblia, em Gênesis 3: “Dinah, a filha que Lia havia dado a Jacó, saiu para ir ver as filhas da terra”. Trata-se de uma série curtinha que vai tratar de sororidade, feridas sagradas femininas e muita irmandade!

7. Sorriso de Monalisa

Arte, subversão e feminismo nos anos 50. O filme “Sorriso de Monalisa” retrata a vida de mulheres dos anos 50 cujo objetivo único era atrair um marido. Na vida e na arte, o conservadorismo presente na época regulava a sociedade. Subversiva era quem não vivia segundo preceitos tradicionais. Será que você vai se gostar?

8. Eu não sou um homem frágil

Vamos sair da temática de mulheres só na questão do protagonista desse filme. “” Eu Não Sou um Homem Fácil “” (original Je ne suis pas un Homme Facile) pode não ter sido o melhor título do mundo, mas certamente merece nossa atenção. O filme traz a vivência de um machista que acorda em um mundo dominado por mulheres. Você vai se divertir, e colocar o cabeção para refletir sobre os princípios sexistas e tudo que nossa sociedade (principalmente as mulheres) alimentam.

Originally posted 2020-06-17 15:39:27.

Invocação de Afrodite

Toda Poderosa Afrodite
Iniciadora dos Mistérios do Amor
Nós invocamos tua presença neste espaço sagrado
Nos conduza a conhecer teu legado às tuas filhas nesta terra
Que possamos despertar o Amor, primeiramente por nós mesmas, aprendendo a amar tudo aquilo que compõe a mulher que somos.
Nosso corpo, o que faz nosso coração vibrar, nossos ideais e sonhos, nossa história.
Nos ensine a capacidade de estar atenta e sensível ao momento presente.


Afrodite, que entre as mil maneiras de conferir teus encantos, nos inspire a ser inteiramente e sensivelmente humanas.
Pois fomos tão machucadas, Deusa, que perdemos a capacidade de se relacionar sem pudores, ligar-se ao outro, permitir ser tocada.
Que a tua presença, sempre arrebatadora, nos ensine a caminhar rumo ao Amor que liberta, ao êxtase dos sentidos, à paixão por tudo que define nossa essência.
Desperta em tuas filhas o teu legado ao mundo: A plenitude do Ser.

Se hoje estamos aqui é porque não tememos mais.

É com a força da fêmea liberta que existe em nós que te invocamos, Afrodite!
O deleite, o amor, o êxtase, a paixão e o coração no momento presente.
Em seus aspectos escuros e luminosos, nós te invocamos!

Seja bem vinda!

Texto de Invocação de Afrodite para  Rito Clã das Lobas 12/12/2015

Postagem original de: 14/12/2015 – Atualização em 15/06/2020

Originally posted 2020-06-15 12:01:28.

Acolher-se sem julgamentos

Eu gosto de partir sempre da premissa de que eu contribuo para a evolução do planeta quando eu estou bem, quando eu me cuido e me nutro com atitudes boas e positivas.

Gosto de pensar que é minha responsabilidade e somente minha promover uma limpeza interna e manter minha alma limpa e renovada. Este é o meu compromisso: cuidar sempre de mim.

 

 

Para isso devo me acolher sem julgamentos e a todo momento estar presente honrando as emoções que surgem e dando espaço para elas serem o que são, para serem expressas com liberdade, sabendo que não há nada de ruim ou bom em ser o que é.

Quando julgo, meu ego vem à tona e eu quero chamar a atenção para as minhas dores e dizer a todos “olha, eu estou sofrendo, eu estou sangrando, e você tem que me ajudar, você tem que me compreender e aí começamos um ciclo que vai para o vitimismo, irritação e no fundo não era bem isso que eu gostaria de transmitir.

Mão segurando lamparina em campo de trigo com luz do sol refletindo

Eu sempre penso que quando alguém está sofrendo ou fazendo algo que chama a nossa atenção independentemente do motivo devemos acolher essa pessoa porque essa pessoa é o nosso reflexo, ela está nos dizendo algo que conscientemente não percebemos. A todo momento devemos manter o foco em nós, em nossos sentimentos e acolher de braços abertos tudo que há, para que tudo que estiver escondido encontre um caminho para sair. Façamos uma trilha para que essas emoções, dores, alegrias possam aparecer.

Acolha sua raiva, sua frustração, sua inveja, sua traição ou seu desapontamento, você não é nada disso, você apenas passou por essas experiências e não precisa se identificar com ela. Acolha, honre e deixe passar; nesse momento entra o não julgamento, permitindo que as coisa sigam seu fluxo sem estacionar, sem se acumular na nossa alma. Todas as coisas são livres para irem, e você é livre para sentir, experimentar. Não precisa se apegar a nada, não houve erro, houve aprendizado, e você é grata por isso e se permite conduzir pelo movimento e deixar fluir. Tenha amor ao acolher esses sentimentos, por muitas vezes taxados como incorretos, inapropriados, indecentes. Perceba que você não tinha consciência disso e de suas consequências, e, como uma mãe carinhosa que acolhe e compreende o seu filho pequeno por ter cometido um erro, sem gritar e sem moralismo apenas o abraça e diz que está tudo bem você aprendeu um outro modo de fazer as coisas, descobriu um caminho e já sabe para onde ir.

 

Mãos dadas vistas de cima
Você também pode gostar
Respeite seu tempo
O ano novo como momento de introspecção
Por que você deve se conhecer melhor?
Se tiver que chorar, chore, se tiver que gritar, grite. Se tiver que pedir desculpas, peça, primeiramente a você, por não ter percebido essa emoção, e agradeça, pois ela está te levando a outro patamar, sempre. Enxergue a beleza de deixar ir e não se apegar.

Vamos praticar esse pensamento, essa atitude para que cada vez mais pessoas possam se expressar sem barreiras, e que possamos dar o nosso aconchego a elas, não porque a dor delas é mais importante do que a nossa, e vice-versa, e sim porque é uma dor a ser expressa e deve ser honrada para que possa seguir livremente por meio de nós. Quando eu não julgo, eu me sinto livre para ser o que sou, quando não sou julgada, eu percebo o meu valor e mantenho o meu foco em estar presente e irradiando tudo de bom que há em mim. Eu alimento a alegria e o bem-estar, pois é isso que quero dar ao mundo.

 

E você?

www.despertafeminino.com.br

✨Despertar Feminino 💞 Tamaris Fontanella✨
🌹 Theaterapia® – Terapia da Mulher🌹
Atendimentos informações inbox
texto do vídeo de Ana Paula Amaral

#despertarfeminino #saberesfemininos #saberesdethea #irmandadefeminina #irmandadedethea #circulodemulheres #sororidade #femininosagrado #sagradofeminino #theaterapia #ancestralidadefeminina #autoconhecimento #empoderamentofeminino #terapiadamulher #medicinasfemininas #sacredmedicine #tamarisfontanella #terapiafeminina #curadofeminino #mulher #alquimiaemocional #poderpessoal #mulheresvisionarias #amorproprio #mentoriaparamulheres #missao #valores #inteligenciaemocional #relacionamento #acolher

Originally posted 2020-06-10 09:46:11.

8 Dicas de Filmes Sagrado Feminino

1. A Arte de Amar

“A Arte de Amar” (nome original The Art of Loving. Story of Michalina Wislocka) Durante o governo comunista na Polônia, uma ginecologista e sexóloga desafia os tabus da sociedade e luta para publicar seu livro revolucionário sobre amor e sexo. Envolvente e encantador vai conquistar você com o tema sexualidade. E depois você vai querer indicar para diversas mulheres! “A arte de amar” acaba se tornando um filme obrigatório e necessário sempre para o Despertar da Sexualidade Feminina! ( tem no @netflix e no @youtube) É uma ode à liberdade e ao amor!

2. Lua Nera

Uma série que já ganhou o coração das Mulheres Poderosas (Encantadas e Bruxas!) Só tem uma temporada e acredito que você vai acompanhar torcendo para a série continuar! A série “”Luna Nera””, do @netflix, é uma adaptação de um romance da autora italiana Tiziana Triana chamado “A Cidade Perdida”. Inspirada em um grupo de mulheres acusadas de bruxaria no século 17. Foi gravada em Roma e é totalmente escrita, dirigida e protagonizada por mulheres. Prepare-se para encontrar magia e mulheres fortes capazes de lutar por independência e contra superpotências como o patriarcado, a igreja, o estado e a cultura machista.

3. Frida

Se você não viu vale a pena … e se já assistiu vale a pena ver de novo! “Frida” é um filme que conta a história dessa maravilhosa mulher! Centra-se na relação da pintora Frida Kahlo com o seu marido, e na sua controversa reputação política e sexual. Lindo pela vontade de viver da Frida e empoderador, também vai te encantar com a fotografia.

4. Coisa mais Linda

“” Coisa mais linda “” se passa no cenário de São Paulo do final da década de 50. Maria Luiza, uma moça conservadora e completamente dependente de dois homens: seu pai, Ademar, e o marido dela, Pedro. No entanto, sua vida toma um rumo completamente diferente quando ela passa a descobrir a força que tem e se empoderar num novo mundo na companhia de mulheres feministas.

5. Absorvendo Tabu

Vencedor do Oscar de 2019, o curta-metragem “Absorvendo o tabu” aborda a menstruação no contexto das mulheres indianas. Boa parte da população indiana não usa absorventes higiênicos. E não pense que isso é uma tendência sustentável como vem acontecendo no Brasil, em que as mulheres estão optando pelo coletor menstrual, por absorventes de pano ou até calcinhas preparadas para o período. Segundo o documentário, apenas 10% das mulheres na Índia tem acesso aos absorventes. Absorvendo o tabu é um filme bom para mostrar o quanto ainda há privilégios no mundo e revela a incrível força de mudança quando as mulheres se unem!

6. A Tenda Vermelha

“Red Trend (A Tenda Vermelha) é inspirado em um livro com seu mesmo nome e nos encanta por resgatar a antiga religião junto as práticas cristãs. Antes de Anita Diamant dar voz a esta personagem em “A Tenda Vermelha”, o registro de sua existência estava apenas em um único capítulo da Bíblia, em Gênesis 3: “Dinah, a filha que Lia havia dado a Jacó, saiu para ir ver as filhas da terra”. Trata-se de uma série curtinha que vai tratar de sororidade, feridas sagradas femininas e muita irmandade!

7. Sorriso de Monalisa

Arte, subversão e feminismo nos anos 50. O filme “Sorriso de Monalisa” retrata a vida de mulheres dos anos 50 cujo objetivo único era atrair um marido. Na vida e na arte, o conservadorismo presente na época regulava a sociedade. Subversiva era quem não vivia segundo preceitos tradicionais. Será que você vai se gostar?

8. Eu não sou um homem frágil

Vamos sair da temática de mulheres só na questão do protagonista desse filme. “” Eu Não Sou um Homem Fácil “” (original Je ne suis pas un Homme Facile) pode não ter sido o melhor título do mundo, mas certamente merece nossa atenção. O filme traz a vivência de um machista que acorda em um mundo dominado por mulheres. Você vai se divertir, e colocar o cabeção para refletir sobre os princípios sexistas e tudo que nossa sociedade (principalmente as mulheres) alimentam.

Originally posted 2020-05-29 14:33:39.

Mensagem da Deusa Ísis para você

A Deusa Ísis tem uma mensagem para você:

Na Era de Peixes nós fomos o peixe se movendo na água, aprendendo nossas lições dentro da água.

Na Era de Aquário, nós somos a água, movendo-se livremente para experimentar as lições não limitadas pela forma física do peixe que nós já fomos.

Apenas imaginem-se como o peixe nadando no oceano, explorando tudo que pode ser explorado no oceano.

Agora se imaginem virando esse oceano, não somente explorando, mas se transformando em tudo que é esse oceano.

É disto que se trata a mudança, a mudança de se tornar o oceano.

Muitos ainda permanecerão como um peixe no oceano, pois eles escolheram ficar ligados à vida de peixe por um pouquinho mais.

Alguns escolheram se tornar a água e ir além dos apegos da experiência do peixe físico e explorar sem as limitações da manifestação como peixe.

Para se tornar o oceano vocês terão de se mover para o ponto mais profundo no oceano, encontrar todas as experiências em todos os níveis do oceano, pois é isto que os transforma no oceano.

Vocês se tornam o oceano por se tornar tudo que há para se ver e explorar no oceano.

Há lugares para se esconder no oceano, mas esconder os manterá em um nível no oceano, parados atrás de uma planta ou talvez até atrás de outra espécie de peixe.

O único meio de avançar é encontrar o caminho que é o da menor resistência.

Como vocês sabem, quanto mais fundo vocês estão, mais conscientes as outras espécies de peixe são, e haverá algumas que os deixarão nadar junto enquanto outras não serão tão amistosas e não os deixarão passar por elas, pois elas vivem do alimento que vocês representam para elas.

É aqui que as mudanças dentro de vocês precisam acontecer para que se tornem totalmente cônscios de tudo, pois é para isto que nós os guiaremos para o caminho de ir mais fundo, encontrar seu poder profundo, mudar sua manifestação conforme vocês se aprofundam mais.

Mudar sua manifestação significa tornarem-se os níveis mais altos do oceano e deste modo encontrar o caminho para passar ao próximo nível do oceano.

Vocês irão se mover constantemente para cada vez mais fundo, tornando-se mais oceano, pois é isto que os propulsiona para atravessar para o próximo nível do oceano.

Vocês podem estar num nível que é confortável e permanecer nele, mas se vocês quiserem se tornar o oceano agora mesmo, neste momento, vocês não terão muito tempo para ficar, pois o fim da Era de Peixes está aí e a Nova Era de Aquário está entrando, trazendo diferentes realidades e modos de se ir para níveis mais profundos do oceano.

Vocês estão indo para o cúspide, o ponto zero onde o oceano agora está mudando rapidamente para acomodar a mudança para a Era de Aquário.

Isto significa que há mais movimento no oceano do que já houve e este movimento os apoiará em ir mais para o fundo mais e mais rápido se vocês escolherem seguir este fluxo.

Vocês podem ver isto deste modo: o movimento no oceano está se elevando para o nível necessário para mudar para o movimento da Era de Aquário.

Isto é um renascimento, um movimento de praticamente virar do avesso. Tudo no oceano está avançando para o ponto mais profundo do oceano e a partir daí um novo oceano é criado na Era de Aquário.

Então, como o movimento do oceano é ir para dentro, mais e mais fundo, vocês podem seguir este movimento para mais e mais fundo com mais facilidade do que nunca.

Permitam-se aproveitar o movimento do oceano para que vocês mesmos se tornem o oceano.

As escolhas são ilimitadas, pois o oceano se move e vocês podem se tornar o que vocês já são: o Oceano.

Ísis – Através de Petra Margolis em 04 de fevereiro de 2012

[products limit=”4″ columns=”4″ tag=”xamanismo, aromaterapia”]⠀

A Deusa Ísis

Nossa amada Deusa Ísis foi cultuada e adorada em inúmeros lugares, no Egito, no Império Romano, na Grécia e na Alemanha. Quando seu amado Osíris foi assassinado e desmembrado pelo seu irmão Seth que espalhou seus pedaços por todo o Egito, Ísis procurou-os e os juntou novamente. Ela achou todos eles, menos seu órgãos sexual, que substitui por um membro de ouro. Através de magia e das artes de cura, Osíris volta à vida. Em seguida, ela concebe seu filho solar Hórus.

Os egípcios ainda mantêm um festival conhecido como a Noite da Lágrima. Tal festival tem sido preservado pelos árabes como o festival junino de Lelat-al-Nuktah.

 

Ísis é uma das deusas mais mais poderosas para os Egípcios. Até mesmo seu nome significa “trono”, demonstrando seu poder real. Suas habilidades mágicas são tão grandes que ela podia até mesmo curar os doentes e trazer os mortos de volta à vida. Ísis é vista como uma protetora poderosa e uma modelo materna.

Ísis fazia parte da Enéade, uma família de nove deuses descendentes do deus criador: Atum ou Rá. Ela e seus irmãos – Osíris, Set e Néftis – eram a última geração da Enéade, nascidos de Geb, deus da terra, e Nut, deusa do céu. O deus criador, o governante original do mundo, passou sua autoridade através das gerações masculinas, assim Osíris tornou-se rei. Ísis, esposa e irmã de Osíris, era sua rainha.

Set matou Osíris e desmembrou seu corpo. Ísis e Néftis, junto com outras divindades como Anúbis, procuraram pelas partes do corpo de seu irmão e o remontou. Seus esforços foram o protótipo mítico da mumificação e outras antigas práticas funerárias egípcias.Segundo alguns textos, elas também tiveram de proteger o corpo de Osíris de mais dessacrações nas mãos de Set ou de seus servos.Ísis era a epítome da viúva em luto. O amor e luto dela e de Néftis pelo irmão ajudaram a restaurá-lo a vida, assim como a recitação de feitiços mágicos. Textos funerários continham discursos de Ísis em que expressava sua dor pela morte de Osíris, seu desejo sexual por ele e até mesmo raiva por ele tê-la deixado. Todas essas emoções desempenharam papéis em sua ressuscitação, já que tinham a intenção de estimulá-lo a agir.Ela finalmente conseguiu restaurar a vida do corpo de Osíris e copulou com ele logo em seguida, concebendo seu filho Hórus. Osíris, deste momento em diante, passou a viver apenas no Tuat, o submundo. Entretanto, Ísis conseguiu garantir que seu marido iria sobreviver no pós-vida por ter lhe dado um herdeiro que iria vingar sua morte e realizar ritos funerários.

O papel de Ísis nas crenças do pós-vida era baseado no mito. Ela ajudava a restaurar as almas dos mortos a completude da mesma forma como havia feito com Osíris. Assim como outras deusas, como Hator, ela também atuava como mãe dos mortos, proporcionando proteção e nutrição.

De acordo, Ísis algumas vezes assumia a forma de Amentent, a deusa do ocidente, que adotava a alma morta no pós-vida como seu filho. Durante boa parte da história egípcia, acreditava-se que divindades masculinas como Osíris possuíam poderes regenerativos, incluindo potência sexual, que eram cruciais no renascimento.

Achava-se que Ísis apenas tinha ajudado ao estimular esses poderes.Poderes divinos femininos tornaram-se mais importantes na crença do pós-vida no final do Império Novo.

Vários textos funerários ptolemaicos enfatizavam que Ísis assumiu um papel ativo na concepção de Hórus ao estimular seu marido sexualmente, com decorações de tumba do período romano a representando em um papel central,enquanto um texto funerário da época sugeria que mulheres eram capazes de juntar-se ao séquito de Ísis e Néftis no pós-vida.

Originally posted 2020-05-21 18:37:09.

A lealdade feminina

A Lealdade Feminina é um sintoma da mudança da sociedade rumo a um novo modelo social. Alguma mulheres já estão se conectando. As mulheres tem o Dom da Vida e essa essência feminina que nos irmana é a chave para profundas mudanças no modelo social.

A Lealdade Feminina é transversal. Não podemos esperar que todas as mulheres pensem como nós. Mas a essência feminina que nos une já existe e é preciso religar essa energia para que ela flua de forma permanente, formando uma rede de Luz…

 

Os 10 Passos para a Construção da Lealdade Feminina são:

1- FEMINILIDADE
Resgatar o feminino essencial e sagrado… Encontrar a harmonia e o equilíbrio interior, reconhecendo o nosso Feminino ancestral, e eliminar a mulher inventada pelo patriarcado.

2- ADMIRAÇÃO
Admirar e elogiar as outras mulheres, valorizar a Mulher… Não somos mais rivais, somos todas IGUAIS em essência feminina… Somos a imagem no espelho, refletida em todas as outras mulheres.

3- TOLERÂNCIA
Mesmo contraditórias, dissonantes ou discordantes, temos de relevar as nossas diferenças e nos unir… Valorizar essa essência feminina como fator de Igualdade, e nos irmanar.

4- SOLIDARIEDADE
Ser solidárias às outras mulheres, na nossa família, na nossa comunidade, bem como a todas as mulheres do mundo, além fronteiras. Deixar de ser a base de sustentação do machismo patriarcal.

5- INDEPENDÊNCIA EMOCIONAL
Caminhar e evoluir em direção à uma maturidade emocional, superando preconceitos patriarcais e crenças absurdas que foram construídas para nos aprisionar e nos manter submissas ao sistema patriarcal.

6- INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA
Não aceitar situações degradantes e humilhantes por dependência financeira. Buscar o seu próprio sustento e também a realização profissional, como elemento de base para a auto-valorização e auto-estima.

[products limit=”4″ columns=”4″ tag=”xamanismo, aromaterapia”]⠀

7- DISCERNIMENTO
Compreender e discernir os mecanismos de manipulação dos relacionamentos. Escolher relacionamentos saudáveis e abrir mão dos recursos escusos das mulheres patriarcais, como chantagens e joguinhos de sedução. Sair dessa programação e ser inteira, yin e yang.

8- DEDICAÇÃO
Dedicar uma parte sagrada do seu tempo em seu próprio desenvolvimento pessoal. Descobrir o Dom de cada uma, e realizar a Missão, que é usar o dom para ajudar a construir um novo modelo social, e ajudar a cuidar da Deusa Gaia…

9- COERÊNCIA
Ter uma atitude coerente no dia-a-dia… Procurar uma sintonia entre o pensamento, o discurso e a ação, e caminhar nessa direção… Buscar a harmonia, e uma conscientização profunda… Ser a mudança que deseja no mundo…

10- NOVAS PRÁTICAS
Apenas uma relação de idéias e textos, iniciativas e modelos de participação social… Buscar com a nossa prática concretizar o desejo de um novo modelo social, conhecendo as diferentes alternativas existentes e ajudando a criar novas maneiras de ser e estar … e cuidar de Gaia…

por Nana Odara: Manual Prático da Lealdade Feminina

 

Originally posted 2020-04-06 04:41:29.

O que você faz hoje influencia suas descendentes no futuro

Vamos admitir. Nós, mulheres, estamos construindo uma terra natal; cada uma com seu próprio lote de terra extraída de uma noite de sonhos, um dia de trabalho.

Estamos espalhando essa terra em círculos cada vez mais amplos, bem devagar.

Um dia, ela será uma terra contínua, uma terra ressuscitada de volta dos mortos. Mundo de la Madre, a terra natal psíquica, que coexiste e é equivalente em todos os mundos.

É um mundo feito da nossa vida, dos nossos gritos, do nosso riso, dos nossos ossos.

 

 

É um mundo que vale a pena criar, no qual vale a pena viver; um mundo em que predomina uma sanidade honesta e selvagem

Tenhamos em mente que não se pode esconder o que há de melhor.

A meditação, a instrução, todas as análises de sonhos, todo o conhecimento dos verdes campos divinos não têm nenhum valor se forem guardados para a própria pessoa ou para uma dúzia de escolhidos.

Portanto, apareça. Apareça, onde quer que esteja.

Deixe pegadas fundas porque você pode fazer isso.

Seja a velha na cadeira de balanço que embala uma ideia até que ela volte a remoçar.

Tenha a coragem e a paciência da mulher na história do urso da meia-lua, que aprende a ver além da ilusão.

Não se distraia queimando fósforos e fantasias como a pequena menina dos fósforos.

Não desista até encontrar a família à qual pertence, como o patinho feio.

Despolua o rio criativo para que La Llorona encontre o que lhe pertence.

Como a donzela sem mãos, deixe que o coração paciente a guie floresta afora.

Como La Loba, colha os ossos dos valores perdidos e cante para devolvê-los à vida.

Perdoe tanto quanto puder, esqueça um pouco e crie muito.

O que você faz hoje influencia suas descendentes no futuro.

As filhas das filhas das suas filhas irão provavelmente lembrar-se de você e, o que é mais importante, seguir seu exemplo.

Clarissa Pinkola Estés Mulheres que correm com os lobos

 

Originally posted 2020-04-03 10:39:43.

Mulher é força recém nascida

🔥 Intensidade 🔥
💞 Paixão 💞

Mulher é muito mais que uma gaveta cheia de histórias delicadas, de lágrimas imaculadas.
Muito mais que um bicho protetor, ameaçador e extremamente sensível.
Mulher é um céu cheio de sinais, entrelinhas, noites em claro e dúvidas.
Chora demais, beija demais, fala demais, ama demais. Nunca se dói de menos. Não por exagero, mas por contentamento mesmo.
Eu, por exemplo, vou escrevendo demais pra caber aqui dentro, só assim garanto o todo (que nunca é o resto).
Mulher é uma força recém – nascida de uma intuição.
Eu sou.
E não me deixo por nada.


🌺Despertar Feminino 💞 Tamaris Fontanella 🌺

#PriscilaRôde #despertarfeminino #saberesfemininos #saberesdethea #irmandadefeminina #irmandadedethea #circulodemulheres #sororidade #adorosermulher #femininosagrado #sagradofeminino #theaterapia #ancestralidadefeminina #medicinewoman #autoconhecimento #amosermulher #sisterhood #empoderamentofeminino #xamanismofeminino #mulheresxamanicas #terapiadamulher #meditação #medicinasfemininas #sacredmedicine

 

 

Originally posted 2020-03-25 20:19:14.

O silêncio é uma virtude! (Deusa Lara) – Devaneios da Deusa

– ” O silêncio é uma virtude!”

Como?

– Quando você fica em Silêncio deixa que uma parte do seu Chi (energia vital) se organize internamente, se comunique com você mesmo e assim, aprende a desenvolver a arte de falar sem perder energia.

Ahh mas é difícil!

– Não saber é muito incômodo para o ego, porque ele gosta de saber tudo, ter sempre razão e dar a sua opinião muito pessoal. Mas, na realidade, o ego nada sabe, simplesmente faz acreditar que sabe. Então ele é tagarela para mostrar o que sabe, quando sabe e como sabe só para ser reconhecido e amado!

– É por isso que um momento de Silêncio interno precede sempre um momento de decisão. O Silêncio desenvolve a confiança em si mesma e a Sabedoria. À medida que vamos adquirindo mais experiência de vida, vamos realmente compreendendo a importância que tem o silêncio e o quão fundamental é saber usá-lo nas alturas certas.

– Quando silenciamos podemos ouvir melhor.
– Quando silenciamos podemos sentir melhor.
– Quando silenciamos nos permitimos banhar por todos os sons e por todas as formas.

– Você tem o poder do Silêncio na sua vida?

_____________________________________________________

Roma possuía uma Deusa do Silêncio, que era venerada sob os nomes de Lara, Muta e Tácita.

Conta a lenda que esta era uma ninfa do Almo (ribeira que desagua no rio Tibre em Itália) e muito famosa tanto pela sua beleza quanto pela loquacidade.

Incapaz de guardar segredos, um dia viu-se em apuros por desafiar as ordens do grande Deus Júpiter, que lhe tinha pedido a ela e ás outras ninfas da ribeira ajuda e descrição para raptar a ninfa Juturna por quem estava apaixonado. Lara foi contar tudo a Juno, esposa do deus e este, irritado arrancou-lhe a língua e ordenou a Mercúrio, o mensageiro, que a levasse até Averno, a entrada do mundo infernal e reino de Plutão!

Mercúrio fascinado com a sua beleza, apaixonou-se e pelo caminho fez amor com ela. Nasceram duas crianças, conhecidas como Lares, deuses invisíveis e guardiões dos lares.

Era venerada pelos Romanos como a Deusa do silêncio, da maledicência e ao mesmo tempo uma das divindades do silêncio eterno (a morte).Também era considerada como a Guardiã dos segredos e juramentos e protegia os viajantes.

texto Tamaris Fontanella

Originally posted 2020-03-17 17:59:32.

Oração de Cura à Grande Mãe Cósmica

Mãe Cósmica, ensina-me a curar-me
Os sentimentos dentro de mim;
Ensina-me a respeitar a vida toda
Com a humildade crescente.

Mostre-me o caminho longe do abuso,
Onde tudo canta a vida,
Onde a mágoa é apenas uma lembrança
De conflitos antigos e humanos.

Deixe meu espírito ser curado.
Até que eu possa morrer sem medo,
Onde o renascimento é bem-vindo,
Trazendo-me lágrimas alegres.

Estas são as coisas que eu desejo,
Pois eu quero verdadeiramente saber,
As vias e a passagem de cura
Através da noite escura da alma.

🌺Despertar Feminino 🌿 Tamaris Fontanella 🌺
Prece inspirada na Oração de cura de Jamie Sams
Foto Arte das Benzedeiras Monte Crista Joinville

 

Originally posted 2020-03-10 13:04:01.

Conviva com pessoas que faça você se ver melhor

Nem sempre é possível cortar relações com pessoas tóxicas, aí cabe a você descobrir um novo caminho para poder manter a sua saúde mental. Mas será que vale assim tanto a pena?

Se alguém que você convive só estimula o seu lado negativo a vir a tona: está na hora de repensar essa relação! Está na hora de mudar a forma como se coloca nessa relação.

Você luta tanto para ser uma mulher melhor, de encontrar luz nas suas sombras, de resinificar seus caminhos e claro de potencializar suas virtudes … então buscar mudar o que não está fluindo em sua vida é uma responsabilidade que só cabe a você!

É preciso impor limites para você para que o outro compreenda esses limites. A mudança parte sempre de dentro e nunca de fora.

Se dê o tempo para analisar a situação.

Se coloque como um eu observador de si mesma, de como reagiu com as trocas que fez nessa relação.

 

Se permita testar, experienciar, aos poucos a nova consciência.

E se a pessoa não crescer junto com você … você vai e ela fica: não tem jeito!

Te desejo hoje, amanhã e depois…
A todo momento e a cada instante!
A cada respiração aconchegante!
Que a felicidade entre, puxe uma cadeira e fique ao seu lado para sempre!

Então vamos puxar nossas cadeiras e nos desmanchar em muitos sorrisos!

🌺Despertar Feminino 🌿 Tamaris Fontanella 🌺


#despertarfeminino#saberesfemininos #saberesdethea#irmandadefeminina#irmandadedethea#circulodemulheres #sororidade#adorosermulher #femininosagrado#sagradofeminino #theaterapia#ancestralidadefeminina#medicinewoman #autoconhecimento#amosermulher #sisterhood#empoderamentofeminino#xamanismofeminino#mulheresxamanicas#terapiadamulher #meditação#medicinasfemininas

Originally posted 2020-02-27 12:56:12.

Amigo te carrega para a vida toda: 6 sinais que é hora de deixar uma amizade de lado

 

Centenas de pessoas atravessam a nossa vida diariamente.

Umas passam bem devagar e aproveitam o trajeto ao nosso lado, outras estão sempre correndo e não tem interesse em observar o caminho conosco, e têm aquelas que decidem fazer o mesmo percurso que a gente pelo simples prazer da nossa companhia.

As pessoas que fazem parte da última categoria sabem que nem sempre será prazeroso. Elas também reconhecem que muitas vezes o caminho será complicado. Em outras situações irão questionar qual a razão de agirmos de determinada forma enquanto caminhamos.

Mas nunca, em hipótese nenhuma vão achar que o passeio foi em vão.

As verdadeiras amizades não devem oferecer cargas nem serem tóxicas. Devem harmonizar nossa vida como companheiros de viagem, como confidentes que sabem respeitar espaços, tempos e silêncios. Os bons amigos sempre vivem do lado mais autêntico do nosso coração.


Amigo de verdade te leva a sério, te leva no riso, te leva no bico, mas te leva.
Te carrega pra vida toda!

 

6 sinais que é hora de deixar uma amizade de lado

1. É uma amizade genuína ou existe algum interesse por trás?
Às vezes as pessoas se aproximam de você apenas pelo que você pode fazer por elas.

Os sinais de alerta devem estar ativos para aqueles que toda hora querem te vender alguma coisa, sempre pedem dinheiro ou mantêm com você uma relação baseada na troca de favores, tipo: “Você me deve porque eu cuidei de seu cão.”

Amigos assim, rapidinho cruzam a linha entre amizade e interesses.

Avalie friamente sua amizade e veja se você está sendo usada ou, quem sabe, até mesmo usando alguém.

 

2. Essa amizade te leva para hábitos não saudáveis?
Um famoso estudo britânico de 2007 rastreou que a obesidade está profundamente ligada as “conexões sociais” de uma pessoa. O estudo verificou mais de 12.000 casos e destacou que os laços sociais são determinantes para o comportamento saudável ou não.

Por exemplo: hábitos psicológicos ruins como colocar o outro para baixo ou se queixar sempre de tudo podem se espalhar para todo mundo no grupo.

O problema fica mais sério quando você está lutando contra um problema dependência, porém, esse problema é normalizado por seu grupo amigos. (“Se todos os meus amigos bebem até cair, porque isso é errado?”) .

Se seu amigo puxa você para baixo, pressiona você a beber ou fumar depois de ter deixado claro que você está tentando mudar ou, de outra forma, ridiculariza suas tentativas de cuidar de si mesmo pode ser hora de se distanciar.

Ou simplesmente, se você está tendo que fazer coisas, ir a lugares, ou estar com pessoas só porque seu amigo precisa que você faça isso, repense! Que vida está vivendo a sua, ou a dele?

3. Você está sendo manipulada?
É muito difícil identificar se você está ou não sendo manipulada, mas há pistas.

Por exemplo: Quando sua relação amizade está confusa, difícil de explicar. Você não sabe o que responder quando os outros te perguntam sobre essa amizade. A frase, “é complicado”, é o melhor que você consegue responder.

Sem perceber, você mudou para pior com essa amizade (menos feliz, menos seguro, menos confiante) mas, mesmo assim, você é o único que pede desculpas nessa relação.

Seu amigo faz você sentir que está sempre fazendo algo errado. Caso você pergunte “o que eu fiz de errado?” e a resposta for o “silêncio” ou algo evasivo, te deixando mais confuso, pode ser um sinal de manipulação.

Qualquer uma dessas pistas podem ser sinais de manipulação emocional.

4. Você está fazendo todo o trabalho nesse relacionamento?
Isto soa familiar?

Imagine agora você justificando um comportamento egoísta de alguém: “Tenho certeza de que ele pretendia limpar a bagunça que deixou quando pediu emprestado meu carro, provavelmente estava ocupado”. No final, quem vai acabar limpando a bagunça do seu amigo? Você, é claro!

Você é a única que cria todas as ideias, faz todos os planos nessa relação, porém muda os planos facilmente se eles não estão convenientes para seu amigo: “Oh, você decidiu sair com outras amigas hoje à noite? Hmm, claro, podemos reagendar.”

Se você está fazendo todo o trabalho no relacionamento, você é uma empregada, não uma amiga. É hora de considerar entrar em greve.

 

5. Você pode contar com o outro?
Pode ser clichê, mas é importante.

Quando se fala em amizade, lembramos de palavras como “recíproca”, “mútua” e “compartilhada”, porém se nenhuma dessas palavras vier à mente quando você pensa “naquela” amizade em particular, talvez seja hora de repensar.

As boas amizades representam um equilíbrio de apoio mútuo. Mesmo as diferenças entre os bons amigos não conseguem desfazer esse equilíbrio.

Naturalmente, ao longo da vida, esse equilíbrio vai mudar para frente ou para trás – você inevitavelmente terá uma grande crise na vida, ao mesmo tempo seu amigo recebe uma promoção, mas os bons amigos sempre estão lá para compartilhar seus sucessos e suas lutas.

Amizades verdadeiras precisam ter aquela confiança de que se precisar, é só chamar.

 

6. Você pode ser você mesma?
E por último a melhor pergunta.

Se parar para pensar você nunca é o mesmo em várias situações – você se comporta de forma diferente em uma entrevista de emprego ou quando está visitando sua avó. Já com seus amigos, você se solta, é você mesmo.

Mas, se você esconde quem é de verdade ou sente vergonha de si mesmo ao sair com o seu amigo pode ser hora de tentar outras amizades.

Décadas de pesquisas e milênios de senso comum nos dizem que conectar-se com amigos verdadeiros é uma das melhores coisas que podemos fazer pela nossa saúde e felicidade. Romper com amigos é sempre uma decisão difícil. Na verdade, deve ter havido uma época em que vocês eram bons amigos ou você não estaria relutando tanto para romper.

Agora, amigos vão e virão na sua vida.

Alguns estarão dependo do contexto em que você vive, como um amigo do trabalho ou um amigo da escola. Mas os que serão seus verdadeiros amigos não deverão machucar, manipular ou usar você, nem pressioná-lo a ser alguém que você não é.

Um verdadeiro amigo inspira em você o seu melhor, a ser mais feliz, mais saudável e mais “você mesmo”.

 

Foto Festival Despertar Feminino

✨Despertar Feminino 💞 Tamaris Fontanella✨
🌹 Theaterapia® – Terapia da Mulher🌹

inspirado no texto de Fernanda Gaona e  Dra. Ellen Hendriksen

 

#despertarfeminino #saberesfemininos #saberesdethea #irmandadefeminina #irmandadedethea #circulodemulheres #sororidade #femininosagrado #sagradofeminino #theaterapia #ancestralidadefeminina #medicinewoman #autoconhecimento #amosermulher #sisterhood #empoderamentofeminino #xamanismofeminino #terapiadamulher #medicinasfemininas #sacredmedicine #tamarisfontanella

Originally posted 2020-02-05 11:10:52.

Decreto à Minha Essência

Eu me tenho e estou salva
Não busco salvar ninguém, apenas me abraçar, cada vez mais, infinitamente.
Não busco cumprir as tuas expectativas, pois estou tratando de cumprir as minhas.

Inteira. Não pelas minhas feridas. Já não desejo me completar na dor, no outro.

Agora olho para dentro e tudo o que pedi de fora, dou a mim mesma contenta: me amo, me aprovo, me respeito e confio em meu coração intuitivo, como também confio em minha mente universal. Porque me compreendi.


Realizei um pacto único de amor e fidelidade, onde a ansiedade, em seu amplo espectro, fica de fora.
Caminho lento e respiro, olhando com novos olhos esta nova forma de me relacionar comigo mesma, expectante, de meus próprios avanços, como uma fêmea, como uma loba.


Não permito que outro tenha a necessidade de se completar em mim, nem de se saciar em mim, nem beber de mim, senão tomar suavemente, o que eu ofereço como um presente de doce néctar.

Apenas, se assim for da sua vontade, você pode caminhar ao meu lado, como um ser integro, sano, sem expectativas tediosas que me façam afastar de quem eu sou.


Que eu não me converta naquela que vai sanar as tuas feridas, que eu não seja aquela que coroará as tuas ilusões. Eu não sou a tua sanadora, mas posso, com amor infinito ser tua acompanhante nessa travessia.


Hoje me tenho completa, não pela metade, por tanto não quero a tua metade.

Se você vai caminhar ao meu lado, que seja inteiro, sagrado, desde um espaço coerente, generoso, que some e não diminua, que alimente e nutra, que não debilite e não adoeça, porque eu não estou doente.


Eu estou vibrante e cheia de luz, estou consciente da minha força e da minha gratidão, mereço o que eu mesma sou. Hoje, estou completa e me tenho.


Me acolho e dou a minha divina criança interior tudo o que necessita.


Sou a minha própria mãe e posso me proteger, me cuidar e me tratar com doçura e ternura. Neste espaço dou lugar a Mãe que me deu a vida, e tiro das suas costas o peso da exigência, da expectativa, do que eu esperei receber dela.

Desde da minha própria maternidade, me entrego com amor e permito assim que esse infinito amor flua de volte para ela em um circuito sagrado, que brilhe em seus olhos quando te beijo, que brilhe a sua alma quando te honro.

Graças a ela que eu estou aqui. Valente guerreira que me deu o suspiro de vida.
Quando me sano, sano as minhas relações, meus ancestrais, meus pais. Ao sanar o feminino em mim, me sano junta a minha mãe, ao sanar o masculino em mim, me sano junto ao meu pai.


Ao fim, compreendo que quando deixo de colocar carga no outro eu descanso em mim, resinifico a relação com o meu pai e deixo de colocar nele, esse peso em suas costas. Ao sanar meu vínculo com a paternidade, libero todos os homens, que erroneamente projetei a relação debilitada que tive com meu pai, porque hoje entendo que estou completa e não preciso saciar em outros a carência equivocada. Estou inteira e estou a salvo.


Essa é a volta da vida e a grande reflexão que faço em minha Alma, quando consigo me ver, me abraçar e estar contente com isso.


Entender que as minhas avós vivem em mim e que todo o amor que preciso e que tanto tempo busquei em aprovações e relações, sempre estiveram dentro de mim.

Sou a faísca Divina, se abrindo ao Universo.

 

🌺Despertar Feminino 🌿 Tamaris Fontanella 🌺

inspirado no  Oráculo de la Energia Feminina do Decreto à minha Essência.


#despertarfeminino#saberesfemininos #saberesdethea#irmandadefeminina#irmandadedethea#circulodemulheres #sororidade#adorosermulher #femininosagrado#sagradofeminino #theaterapia#ancestralidadefeminina#medicinewoman #autoconhecimento#amosermulher #sisterhood#empoderamentofeminino#xamanismofeminino#mulheresxamanicas#terapiadamulher #meditação#medicinasfemininas

Originally posted 2020-01-30 10:53:18.

Amadurecendo a Natureza Ingênua

A natureza ingênua começa a amadurecer, quando possa a questionar.

“O que está por trás do visível?
O que faz com que aquela sombra cresça na parede?”

A natureza jovem e ingênua começa a compreender que, se existe algo de secreto, se existe algo de sombrio, se existe algo de proibido, é preciso que ele seja examinado.


Somos ingênuas em todos os começos de nossas jornadas.

Mas, chega um momento em que a ilusão, o sonho encantado, precisa tomar forma e seguir uma direção para alcançar o seu propósito. E daí, é hora de crescer!

O que permeia esse crescimento não é nada fácil. Temos que deixar para trás uma mulher sonhadora e tomar rédeas de muitas de nossas limitações e dominar muitos medos.

Aquelas que quiserem desenvolver a consciência perseguem tudo que fica por trás do que é facilmente observável: o gorjeio invisível, a janela suja, a porta que range, uma fresta de luz por baixo da soleira. Elas perseguem esses mistérios até que a substância da questão lhes seja revelada.

 

Porém, a única forma de crescer e voltar-se a si mesma e encontrar uma potência interior que direciona seus caminhos para seus objetivos.


A capacidade de suportar o que se vê é a visão vital que faz com que a mulher volte a sua natureza profunda, para ali receber sustentação em todos os pensamentos, sentimentos e atos.


 

🌺Despertar Feminino 🌿 Tamaris Fontanella 🌺


#despertarfeminino#saberesfemininos #saberesdethea#irmandadefeminina#irmandadedethea#circulodemulheres #sororidade#adorosermulher #femininosagrado#sagradofeminino #theaterapia#ancestralidadefeminina#medicinewoman #autoconhecimento#amosermulher #sisterhood#empoderamentofeminino#xamanismofeminino#mulheresxamanicas#terapiadamulher #meditação#medicinasfemininas #alcathea #mulheresquecorremcomoslobos

Originally posted 2020-01-25 10:37:03.

Equilíbrio entre o que se sente, pensa e faz

Certamente você já ouviu muitas vezes sobre coerência ou talvez você já tenha ouvido o seguinte comentário “Você é muito incoerente! Fala uma coisa e faz outra. Ninguém te entende!”

Então… parece que ser coerente está ligado a uma certa transparência, tanto interna (de uma pessoa consigo mesma), como externa (na qual a pessoa é aquilo que ela reflete). A pessoa não demonstra nada além da sua verdade, sem camuflagens e máscaras.

Já as pessoas que agem de forma incoerente são aquelas que geram certas dores de cabeça tanto para elas mesmas quanto para os demais. Elas se afastam do que são, se comportam de uma forma diferente do que sentem ou da forma como pensam.

A coerência é a correspondência entre o que uma pessoa sente e expressa
Portanto, podemos definir a coerência como aquele equilíbrio que existe entre o estado mais intenso de alguém (o que a pessoa sente em seu interior) e a exteriorização que a pessoa faz dela mesma em seu comportamento, tanto verbal quanto não verbal. Ou seja, quando a pessoa é coerente não existe uma falta de sincronia entre o que ela sente e o que ela exterioriza.

Por exemplo, se me sinto traída por uma amiga, não vou me camuflar nem vou fingir que nada aconteceu. Vou refletir como me sinto, já que é a dor recebida é muita, e gostaria que ela pudesse ver como fez eu me sentir. Serei coerente com a minha dor e com os meus sentimentos.

As pessoas coerentes geram confiança nos demais
As pessoas coerentes costumam gerar confiança nos demais, já que não mostram uma cara diferente da que sentem, nem se esforçam para fingir ou dissimular seu estado interno. Sabem ouvir o que elas sentem internamente e são capazes de aceitar, sem enganar a si ou aos demais.

Mostram-se exatamente como são, sem dar abertura para outras interpretações de como se sentem. São pessoas corajosas, já que vivemos em uma sociedade na qual fomos ensinados a não demonstrar exatamente o que sentimos. Desde muito pequenos fomos incentivamos a ocultar nossas verdadeiras emoções, a mascará-las e até mesmo escondê-las para sermos melhor tolerados na sociedade.

Às vezes tapamos a tristeza com uma alegria injusta… ou utilizamos a tristeza para conseguir aquilo que desejamos e que nunca conseguimos. Certamente você conhece alguém que se mostrava muito alegre pouco tempo depois de sofrer uma perda (amorosa, por exemplo). A pessoa não permite a si mesma sofrer a perda porque “precisa ser forte”, e porque “nenhum homem merece suas lágrimas”.

E quando precisar chorar, vai rir. E cada vez vai acumular mais peso sobre sua verdadeira emoção. Tapando-a até que não sobrem nem rastros dela. Dessa forma, a pessoa acaba se tornando uma especialista em fingir e uma não-especialista e se deixar ser e sentir como verdadeiramente é.

A coerência fala da correspondência entre pensamentos e ações
Também falamos de coerência quando estamos nos referindo à sintonia que existe entre nossas ações ou comportamentos e nossa forma de pensar. Muitas vezes descobrimos a nós mesmos agindo de uma forma que se contrapõe ao nossos pensamentos e valores. Isso produz em nós uma mistura de estranheza e vergonha.

Se eu afirmo o quanto sou tolerante e paciente com os demais, mas logo na primeira mudança sou incapaz de aceitar outros pontos de vista diferentes do meu, se me chateio e me irrito… provavelmente eu preciso refletir sobre mim mesmo. Acreditar que somos de um jeito, mas na verdade sermos o contrário do que acreditamos, produz uma sensação nada agradável. Portanto, essa incoerência tende a ser eliminada: a favor de um lado ou de outro.

O problema de ser incoerente reside principalmente na desconfiança que acabamos gerando nas outras pessoas. É difícil confiar em alguém que age de forma diferente do que pensa, e é muito difícil também confiar em alguém que se mostra de forma diferente do que realmente sente.

A intuição nos mostra quem está sendo coerente conosco e quem não está
Há pessoas muito intuitivas que são capazes de perceber estas dissonâncias e, então, são capazes de perceber quando alguém está sendo incoerente. E isso é algo digno de agradecimento, já que é mais fácil e menos perigoso ser alguém na companhia de certas pessoas -sem nenhuma máscara-, e ser outra pessoa na companhia de outras pessoas.

Por tudo isso, é muito importante continuar conhecendo a nós mesmos sem medo ao observarmos o que há em nosso interior. Se aceitarmos o que somos, não teremos necessidade alguma de ocultar ou negar. Pense: viver com uma máscara pode ser exaustivo e não cria nenhuma relação autêntica com ninguém.

Buscar o equilíbrio entre o que se sente, pensa e faz é uma conquista que fará com que as nossas relações sejam mais verdadeiras e autênticas; começando pela relação que temos com nós mesmos, já que somos nossos únicos companheiros de vida desde que nascemos até quando morremos, gostemos ou não disso.

🌺Despertar Feminino 🌿 Tamaris Fontanella 🌺

Originally posted 2020-01-17 17:01:32.

Não me permito a uma vida rasa

Eu nunca fui uma moça bem-comportada.

Pudera, nunca tive vocação pra alegria tímida, pra paixão sem orgasmos múltiplos ou pro amor mal resolvido sem soluços.

Eu quero da vida o que ela tem de cru e de belo.

Não estou aqui pra que gostem de mim.

Estou aqui pra aprender a gostar de cada detalhe que tenho.

E pra seduzir somente o que me acrescenta.

Adoro a poesia e gosto de descascá-la até a fratura exposta da palavra.

A palavra é meu inferno e minha paz.

Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que me deixa exausta.

Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo.

Mas também sei chorar toda encolhida abraçando as pernas.

Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa.

Venha a mim com corpo, alma, vísceras, tripas e falta de ar…

Eu acredito é em suspiros, mãos massageando o peito ofegante de saudades intermináveis, em alegrias explosivas, em olhares faiscantes, em sorrisos com os olhos, em abraços que trazem pra vida da gente.

Acredito em coisas sinceramente compartilhadas.

Em gente que fala tocando no outro, de alguma forma, no toque mesmo, na voz ou no conteúdo.

Eu acredito em profundidades.

E tenho medo de altura, mas não evito meus abismos.

São eles que me dão a dimensão do que sou.

🌺Despertar Feminino 🌿 Tamaris Fontanella 🌺

⠀Texto: Marla de Queiroz

Originally posted 2020-01-17 10:34:06.

oxum

Oxum e o Espelho: O Poder Desperto em Si

Oxum, Deusa Africana, é considerada uma Yabá e contém um poder desperto em si grandioso!

Orixá das águas dos rios e cachoeiras, que tem como domínio as energias do Amor, Riqueza, Fecundidade, Gestação e Maternidade.

É a dona da fecundidade das mulheres, a dona do grande poder feminino, a criação.

É a mãe das crianças, seres inocentes e sem maldade, zelando por elas desde o ventre até que adquiram a sua independência.

Oxum, assim como Afrodite, são conhecidas popularmente pela sedução e vaidade.

Ambas, regentes do domínio de sua sexualidade e fecundidade.

Possuem o arquétipo limitado ao sexo e a sedução, tornando-se, para os que não conhecem sua energia por completo, uma estrutura de força feminina limitada apenas pela sensualidade e pela sexualidade.

Contudo, assim como o leque e o espelho, um de seus instrumentos de poder, chamado Abebé, o feminino traz a força de suas múltiplas faces.


olhar de oxum
foto festival das sereias

Estas Deusas, Oxum e Afrodite, regem a sabedoria sagrada da Sexualidade, do poder gestacional de criar e fecundar não apenas filhos mas todo o potencial criativo em todos os setores da vida da mulher.

Oxum, carrega consigo o Abébé, instrumento de poder que representa o ventre e o poder das mães ancestrais.

É através do espelho que Oxum pode se observar e observar o que está atrás de si, sua ancestralidade.

Ela, como regente dos nascimentos, tem autorização para resgatar a sabedoria ancestral para trazer o novo.

É a energia do ciclo de renascimento que está ativa pelo poder de criar.

Oxum é aquela que guarda a porta de comunicação entre a ancestralidade e o nascimento. Rege os partos e porta o espelho. Cabe a ela enxergar através de si o potencial de renovação das gerações.

Olhar-se no espelho denota coragem, esta coragem vem da libertação do julgamento dos outros.

É coragem de se reconhecer bela e inteira na forma que se é.


foto festival das sereias

É empoderar-se de seu corpo, de sua energia e de seu potencial como mulher, como fêmea, como regente dos ciclos.

Oxum e seu Abébé, representam o poder do feminino em olhar-se e enxergar em si mesma a beleza de alma que nós mulheres temos e está sendo ferido há tanto tempo.

É reconhecer este poder individual, único e exclusivo, apropriar-se dele e ativar o potencial criativo e criar a partir de seu desejo.

O Abebé traz o poder da mulher de se enxergar como capaz.

Capaz de tudo o que desejar, pois o poder de criação está em suas mãos, no seu ventre e no seu olhar.

Basta ter coragem de se enxergar como Deusa criadora da própria vida.

Ora iê iê ô.

por Lívia Correia

A Mulher gera. A Terra abençoa.

” As mulheres honram o seu Caminho Sagrado quando se dão conta do conhecimento intuitivo inerente a sua natureza receptiva. As mulheres precisam aprender a amar, compreender, e, desta forma, curar. Cada uma delas pode penetrar no silêncio do próprio coração para que lhe seja revelada a beleza do recolhimento e da  receptividade. ” ( Jamie Sams )


Ao longo do tempo, os seres humanos distanciam-se, cada vez mais, da sua essência, e do sagrado que permeia a nossa existência.

 

Os nossos antepassados viviam em contato direto com a natureza, reverenciando os seus ciclos, através das mudanças de estação, e em profunda gratidão por tudo o que a Grande Mãe lhes ofertava.
Como essa ligação era profunda, as pessoas, apesar das dificuldades de sobrevivência, eram felizes, sentindo-se preenchidas, uma vez que conseguiam ouvir a sua voz interior, que lhes dava orientações e aconselhamentos acerca do que fazer em determinadas situações, das decisões a serem tomadas e, assim, conseguiam manter os seus ânimos apaziguados.
As mulheres, principalmente, honravam a sua natureza, o seu ritmo biológico e o grande poder que detinham pelo facto de serem geradoras de vida.


O ventre, simbolizado pelo grande caldeirão, representava um templo sagrado, de onde a vida era emanada.
Os homens, reverenciavam a mulher por esse grande poder.
Para os povos antigos, a menstruação era um dom dado as mulheres pelas Deusas para que elas pudessem criar e perpetuar a própria vida.

A sincronicidade do ciclo lunar e menstrual refletia o vínculo entre a mulher e a divindade, pois ela guardava o mistério da vida no seu corpo e tinha o poder de tornar real o potencial da criação.

Nas sociedades matrifocais, as sacerdotisas ofereciam o seu sangue menstrual a Deusa e faziam as suas profecias durante os estados de extrema sensibilidade psíquica que a menstruação lhes dava.

Milênios de supremacia e domínio patriarcal despojaram as mulheres do seu poder inato e negaram-lhe até mesmo o seu valor como criadoras e nutridoras da própria vida.

No passado eram realizados rituais de renovação e purificação nas Cabanas ou Tendas Lunares, onde as mulheres se isolavam para recuperarem as suas energias e abrir os seus canais psíquicos para o intercâmbio com o mundo espiritual.

Após esse período, elas, por estarem com a sensibilidade e intuição mais aguçadas, tinham revelações sobre curas.
Infelizmente, a vida da mulher moderna levou-a a perda do contato e sintonia com o seu corpo e com a energia da Lua.

Tal distanciamento gerou problemas em relação ao ciclo menstrual, tais como TPM, cólicas, ciclo desordenado, entre outros, ocasionados pela não-aceitação da sua natureza.
Hoje em dia, existem muitos métodos para que a mulher deixe de menstruar e se livre definitivamente desse “incômodo”.

Para restabelecer essa sincronicidade natural, a mulher deve reconectar-se a Lua, observando a relação entre as fases lunares e o seu ciclo menstrual.

Compreendendo o ciclo da Lua e a relação com o seu ritmo biológico, a mulher contemporânea poderá “cooperar” com o seu corpo, fluindo com os ciclos naturais, curando os seus desequilíbrios e fortalecendo a sua psique, como o explica Mirella Faur, no Anuário da Grande Mãe.

A Mulher é a Terra.

A mulher é um “pequeno território” que tem a virtude de dar a luz a outros seres, para que sigam o seu caminho.

O planeta Terra é a Mãe: o seu corpo nos oferece o ar para respirarmos, a terra para semear o alimento e a água para beber.

Assim, num grande corpo todos os seres prosperam: animais , vegetais e minerais.

Todos possuem uma integração e colaboração mútuas com a existência.

A Mulher gera. A Terra abençoa.

🌺Despertar Feminino 🌿 Tamaris Fontanella 🌺

Foto: Despertar da Menina Mágicka pelo olhar de Adriana Maria de Lima

 


texto de #JeanShinodaBolen

Originally posted 2020-01-06 22:23:49.

inspirar pessoas

Seja alguém que tem consciência que pode inspirar pessoas: Inspira Ser

Quando uma pessoa te inspira você leva um bocadinho dela em sua vida. Seu jeitinho muda, contagia e muda quem está perto de você, e assim amplifica para que o mundo mude. Você se torna um novo Ser.

 

Inspirar pessoas é muito mais simples do que você imagina!

 

Eu sei que não precisa de uma obra grandiosa para inspirar você!

 
Um filme, um livro, uma conserva rápida já serve de inspiração para mudar o dia, não é mesmo?
 
Quando estou em mentoria com uma mulher empreendedora eu sei que ela está cumprindo a sua missão quando tem em seu trabalho algo que muda o mundo, que inspira a sonharmos e termos um mundo bem melhor.
Afinal, o despertar feminino tem sua missão: a missão de despertar as mulheres para o universo de possibilidades que elas tem por direito.
 
 

E sabe: nesse exato momento você é uma inspiração para alguém em alguma área da vida.

 

Talvez você não perceba que inspirar pessoas é um diferencial seu. Por exemplo:

– Seu otimismo

– Seu bom humor e alegria

– Seus textos, pensamentos, reflexões pessoais em redes sociais

– A maneira como você encara a vida

– Uma coisa que você faz bem feito e compartilha isso para outros aprenderem também

– Incentivar, apoiar, sempre ter uma palavra amiga para o outro

– Só estar ali para acompanhar

 

Enfim… são tantas as possibilidades e possivelmente as pessoas a quem você mais impacta não são necessariamente as que convivem com você.

 

Há pessoas que impactam a vida de outros de forma direta e têm isso como o seu trabalho ou propósito de vida. Essas são chamadas agentes de transformação!

 

Agentes de transformação estão a serviço de inspirar pessoas.

 

Então, agora que você sabe isso, dá para sair do anonimato e  da forma mais singela que vem fazendo, mas não menos importante, você é uma agente de transformação!

 

Então, continue a brilhar!

Seja a luz na vida de outras pessoas, independente de um dia você vir a saber disso ou não.

 

E quando você se percebe como uma agente de transformação sua luz brilha ainda mais, porque a auto inspiração está totalmente ligada a autoconfiança. Você só pode doar aquilo que tem, então está doando o que há de melhor em você para o outro.

 

A maior felicidade está em ser você mesmo, do jeito que é, sem tirar e nem por e, ainda assim, saber que só por ser você, do seu jeitinho, já está contribuindo para a vida de muitas pessoas e para um mundo bem melhor!

Seja você mesmo e sirva de inspiração para que os outros também sejam eles mesmos!

Tamaris Fontanella

 

 

Adriana, Marina, Cris e Fernanda obtiveram resultados incríveis ao descobrir suas potências e agora inspiram muitas mulheres com seu trabalho. Gostaria de ser a inspiração que muda a vida de muitas mulheres? Saiba mais aqui


CADASTRE-SE EM NOSSO INFORMATIVO

Email Marketing by E-goi